Mestrado em Geriatria e Gerontologia

Solicite informação sem compromisso Universidade de Aveiro

Para enviar a solicitaçao, você deve aceitar a Política de Privacidade

Comentários sobre Mestrado em Geriatria e Gerontologia - Presencial - Aveiro - Aveiro - Aveiro

  • Objectivos
    “A expansão do envelhecer não é um problema. É sim uma das maiores conquistas da Humanidade. O que é necessário é traçarem-se políticas ajustadas para envelhecer são, autónomo, activo e plenamente integrado” (Kofi Annam, 2002, II Assembleia Mundial das Nações Unidas). O aumento da longevidade das populações constitui, assim, também um desafio para a investigação, formação e educação em Gerontologia, integrando as diferentes esferas de actuação numa perspectiva multidisciplinar (saúde, social, psicológica e biológica). Este programa de Mestrado em Gerontologia pretende disponibilizar a alunos e profissionais uma oportunidade para obterem formação em diversos campos da Gerontologia, enfatizando a importância da investigação e inovação, perante um desafio social – o envelhecimento populacional – tão recente, quanto rápido. Só por si a taxa de envelhecimento mostra a necessidade de desenvolver medidas de apoio à população idosa mas, paralelamente, há outros factores que devem ser considerados e que respeitam aos prestadores de cuidados aos idosos. Isto é, como se organizarão os serviços sociais, de saúde e outros no sentido de encontrar prestadores de cuidados e serviços, uma vez que uma série de alterações sociais e demográficas antecipam o declínio dos cuidados informais (por exemplo: mudança na estrutura etária da população, declínio no tamanho das famílias, aumento de casais sem filhos, aumento de mulheres casadas empregadas, alterações na composição dos agregados familiares das pessoas idosa, com cada vez menos a viver com os seus filhos). Todas estas alterações exigem que se preste uma atenção diferenciada à população idosa, daí a necessidade de formação especializada na área de gerontologia.
  • Titulação
    Mestrado em Geriatria e Gerontologia
  • Conteúdo
    Objectivos

    O processo de envelhecimento populacional exige uma complexa adaptação, não só por parte dos idosos, como da sociedade. O envelhecimento da população a nível mundial é um facto de conhecimento geral e amplamente debatido. De acordo com a UN (2001) caracteriza-se pelo envelhecimento da própria população idosa, isto é, os muito idosos (80 anos ou mais) constituem o segmento da população em crescimento mais rápido, e pelo aumento dos anos de vida com e sem dependência. O acréscimo na esperança de vida acarreta, por um lado, mais tempo de vida activa e, por outro, mais tempo de dependência. Assim, os serviços de apoio (quer no âmbito da saúde, quer da acção social) têm de ser planeados de forma a prevenir a dependência e a doença, intervir em situações agudas, promover a reabilitação, desenvolver apoio perante situações de isolamento, depressão e luto e encontrar ocupações para a população idosa.




    O Mestrado em Gerontologia visa proporcionar aos alunos: formação aprofundada e integrada nesta área do conhecimento; desenvolvimento e possibilidade de aplicação desses conhecimentos ao nível da investigação e prática profissional; aquisição de especialização numa das áreas disponíveis (Intervenção Comunitária e Gestão de Equipamentos). Os alunos deverão compreender o envelhecimento e a velhice como processos multi-dimensionais (biológicos, psicológicos e sociais), que se constroem ao longo da vida e influenciam idosos e não idosos na vida social. Paralelamente, vão adquirir competências para intervir e investigar nesta área científica emergente. Os conhecimentos e competências dos alunos incluem:




    - Aprofundar conhecimentos no âmbito das relações familiares, sociais e comunitárias na velhice.




    - Adquirir conhecimentos e competências a nível da avaliação e intervenção comunitária e organizacional.




    - Compreender a dimensão ética em todo o processo de intervenção e investigação em Gerontologia.




    - Adquirir e aplicar conhecimentos e competências nas áreas da investigação básica e aplicada em Gerontologia.




    Deste modo, pretende-se que os alunos fomentem junto da comunidade um envelhecimento activo ao longo da vida: promover a saúde e ajuste físico e prevenir incapacidades; optimizar e compensar as funções cognitivas; incrementar o desenvolvimento afectivo e da personalidade; maximizar o envolvimento social; participar nas mudanças de estereótipos em relação à velhice e envelhecimento

     

    Os objectivos adquirem características específicas de acordo com a especialização. Na Intervenção Comunitária os alunos deverão: aprofundar conhecimentos no âmbito das relações familiares e comunitárias na velhice; adquirir conhecimentos e competências a nível da avaliação e da intervenção familiar e comunitária e utilizá-los em prática profissional e de investigação; compreender e agir de acordo com normas e princípios éticos e legais; intervir na melhoria da qualidade dos serviços prestados na comunidade. Na Gestão de Equipamentos os alunos deverão: adquirir e aprofundar conhecimentos e competências a nível da intervenção e gestão organizacional, em equipamentos direccionados à população idosa e à promoção de um envelhecimento bem sucedido, activo e produtivo; utilizar e desenvolver instrumentos teóricos e práticos ao nível da organização, gestão e avaliação de serviços/respostas gerontológicas; compreender e agir de acordo com normas e princípios éticos e legais; intervenção na melhoria da qualidade dos serviços prestados pelos equipamentos sociais; planear, gerir e avaliar recursos ligados a programas e serviços em gerontologia.

Outro curso relacionado com Geriatria

Utilizamos cookies para melhorar nossos serviços.
Se continuar navegando, aceita o seu uso.
Ver mais  |