Home>Mestrado>Saúde Pública>Évora - Évora>Mestrado em Intervenção Sócio - Organizacional na Saúde - Évora - Évora - Évora
 

Mestrado em Intervenção Sócio - Organizacional na Saúde

Método: Presencial
Tipo: Mestrado
Loading...

Solicite informação sem compromisso
UE - Universidade de Évora

Mestrado em Intervenção Sócio - Organizacional na Saúde - Évora - Évora - Évora

Nome
Apelido
E-mail
Telefone
Teléfono Fixo ou Celular [Prefijo+ nº]
 
 
 
 
Distrito
País
Movil
Comentários / Perguntas
Para enviar a solicitaçao, você deve aceitar a política de privacidade
* Campos obrigatórios

Em breve um responsável de UE - Universidade de Évora, entrará em contacto contigo para mais informações.
Por favor, preencha todos os campos corretamente
Mestrado em Intervenção Sócio - Organizacional na Saúde - Évora - Évora - Évora Comentários sobre Mestrado em Intervenção Sócio - Organizacional na Saúde - Évora - Évora - Évora
Objectivos:
Dotar aos mestrandos dos necessários instrumentos conceptuais e metodológicas para aplicar os seus conhecimentos e a sua capacidade de compreensão e de resolução de problemas em situações novas e não familiares, em contextos alargados e multidisciplinares relacionados com a intervenção sócio-organizacional na saúde; Fomentar a capacidade dos mestrandos para integrar os seus conhecimentos, face a questões complexas sócio-organizacionais na saúde, desenvolver soluções ou emitir juízos sobre situações de escassa informação, e que carecem de intervenção na mudança sócio-organizacional; Oferecer a possibilidade de uma formação de aprofundamento através de inscrição no 3º Ciclo de Estudos (Programa de Doutoramento) em ciências humanas e sociais aplicadas no contexto das ciências de gestão e de saúde sem prejuízo de, uma vez terminado o ciclo de estudos, o indivíduo com o grau de Mestre em Intervenção Sócio-Organizacional na Saúde poder enveredar por uma especialidade no quadro de um 3º Ciclo de Estudos fora do âmbito das ciências humanas e sociais, das ciências de gestão e das ciências da saúde; Oferecer valências e qualificações orientadas para a empregabilidade e para a progressão na carreira profissional, tendo em conta as directivas da Declaração de Bolonha, a optimização dos recursos disponíveis na Universidade de Évora e na Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa - IPL, e as exigências do mercado de trabalho; Contribuir para que os mestrandos sejam capazes de comunicar as suas conclusões em matéria de intervenção sócio-organizacional na saúde, e os conhecimentos e raciocínios a elas subjacentes, de uma forma clara e sem ambiguidades; Desenvolver competências de aprendizagem que permitam aos mestrandos uma sustentada aprendizagem ao longo da vida sobre as mais diversas matérias de intervenção sócio-organizacional na saúde, de um modo fundamentalmente auto-orientado ou autónomo.
Dirigido a:
O mestrado em ISO destina-se a licenciados com formação em Sociologia, Tecnologias de Saúde, Enfermagem, Medicina, Psicologia, Gestão, Economia e outros interessados no aprofundamento das suas competências na área da saúde. Licenciados noutras áreas poderão ser admitidos, mediante análise curricular e desde que satisfaçam formação propedêutica, sugerida pela Comissão de Curso. Os candidatos deverão possuir o grau de licenciatura com a classificação mínima de 14 valores, em cuja seriação será tida em atenção a análise curricular. A Comissão de Curso poderá ainda optar pela entrevista para uma melhor avaliação e conhecimento da orientação vocacional do candidato.
Diploma:
Mestre em Intervenção Sócio-Organizacional na Saúde
Conteúdo:
Áreas de Especialização

I - Diagnóstico e Intervenção Comunitária
II - Políticas de Administração e Gestão de Serviços de Saúde
III - Qualidade e Tecnologias da Saúde

Condições de Admissão:
O mestrado em ISO destina-se a licenciados com formação em Sociologia, Tecnologias de Saúde, Enfermagem, Medicina, Psicologia, Gestão, Economia e outros interessados no aprofundamento das suas competências na área da saúde. Licenciados noutras áreas poderão ser admitidos, mediante análise curricular e desde que satisfaçam formação propedêutica, sugerida pela Comissão de Curso. 
Os candidatos deverão possuir o grau de licenciatura com a classificação mínima de 14 valores, em cuja seriação será tida em atenção a análise curricular. A Comissão de Curso poderá ainda optar pela entrevista para uma melhor avaliação e conhecimento da orientação vocacional do candidato.
Outro curso relacionado com Mestrado de Saúde Pública: