Home > Mestrado > Corporate Finance > Espanha > Mestrado em Corporate Finance e Banco de Investimento (Estância em LSE) - Espanha - Estrangeiro

Mestrado em Corporate Finance e Banco de Investimento (Estância em LSE)

Solicite informação sem compromisso IEB - Instituto de Estudios Bursátiles

Para enviar a solicitaçao, você deve aceitar a Política de Privacidade

Comentários sobre Mestrado em Corporate Finance e Banco de Investimento (Estância em LSE) - Presencial - Espanha - Estrangeiro

  • Objectivos
    O Master Especializado em Corporate Finance e Banco de Investimentos têm como objetivo primordial levar ao conhecimento dos participantes todas aquelas áreas que habitualmente se encontram moldadas dentro de um Banco de Investimento.
    Por isso, o Master aborda diferentes matérias com um grau de detalhe até agora desconhecido, sendo o espectro de áreas que cobre um fiel reflexo da crescente complexidade do Corporate Finance. Em qualquer caso, o objetivo final do Master é formar um grupo de profissionais capazes de alcançar o conhecimento exaustivo nessas áreas, além de conseguir uma grande versatilidade e desenvoltura no âmbito das finanças.
  • Titulação
    O título entregue no final do curso é o de Master em Corporate Finance e Banco de Investimento, que é expedido pela Direção Acadêmica do IEB como título próprio.
  • Conteúdo

    Programa de Estudos:

    O Programa Master Especializado em Corporate Finance e Banco de Investimentos começa com um Módulo de fundamentos no qual incluem aspectos relativos àquelas técnicas matemáticas e estatísticas necessárias para seguir o Programa com uma sólida base quantitativa.

    Depois de abordar aspectos eminentemente focalizados na análise financeira e na contabilidade da empresa, o Programa Master entra na análise previsível das empresas financeiras e não financeiras, para posteriormente, no segundo Módulo, entrar com um grau elevado de detalhes nas metodologias mais utilizadas para a valorização das empresas.

    O terceiro Módulo está focado na área das fusões e aquisições, onde abrangem tanto o estudo do mercado de fusões e aquisições, (conhecido tradicionalmente como M & A - Mergers and Acquisitions -), como os aspectos legais e fiscais que costumam surgir neste tipo de transações. O quarto Módulo detalha os aspectos essenciais da área de Mercado de Capitais de um Banco de Investimento, incidindo de forma específica no mercado primário e secundário tanto na área de Renda Fixa como de Renda Variável, bem como no papel desempenhado pelas entidades multilaterais (Banco Mundial, Banco Europeu de Reconstrução e Desenvolvimento, Banco Interamericano de Desenvolvimento, etc.) nos Mercados de Capitais Internacionais.
    O quinto Módulo explica as inter-relações entre a Banca Corporativa e o Corporate Finance, e analisa as características mais importantes do risco creditício (risco-país, etc...).

    Posteriormente, e já no sexto Módulo, o Programa Master estuda com mais detalhe o chamado "Project Finance" e suas implicações para a empresa não só do ponto de vista econômico-financeiro como também do ponto de vista fiscal.

    No sétimo Módulo, serão abordadas as especificidades das titulações e outros financiamentos estruturados, enquanto no oitavo Módulo, o Programa Master estuda como aperfeiçoar a gestão de um portfólio de participações industriais, do ponto de vista de unidade de negócio, estudando de forma paralela as implicações contábeis e desenvolvendo o estudo das carteiras industriais dos principais grupos financeiros da Espanha. No nono Módulo, abordaremos de que maneira os produtos derivados (opções e futuros, swaps, etc...), estão sendo cada vez mais utilizados no negócio de Corporate Finance, especificamente na compra e venda de empresas, bem como nas ofertas públicas de venda de ações e na medição do risco creditício.

    O décimo Módulo está focado no negócio de "Venture Capital", no qual terão um protagonismo especial tanto o Capital Risco como as estruturas de "Leverage Buy Out" (L.B.O.), "Management Buy Out" (M.B.O.), "Management Buy In" (M.B.I.), e outras estruturas alavancadas.

    Finalmente, o décimo primeiro Módulo concentra-se no "Trade & Commodity Finance", através do qual serão estudados os riscos que empresas e entidades financeiras assumem nas operações de financiamento de comércio internacional.


    • Programa:

    MÓDULO 1. FUNDAMENTOS:
    Fundamentos Matemáticos aplicados às finanças:
    - Funções de projeção e Desconto de Fluxos.
    - Análise de sensibilidade.
    Fundamentos Econometricos aplicados às finanças:
    - Estatística básica.
    - Análise de regressão.
    - Aplicações da Estatística: Risco e Retorno.
    - Simulações.
    Fundamentos Contábeis e de Análise Financeira:
    - Os Estados Financeiros: O Balanço e a Conta de Resultados.
    - O Balanço.
    - A Conta de Prejuízos e Lucros.
    - O Fluxo de Caixa.
    Análise Previsional de Empresas Financeiras:
    - Análise do Balanço de uma entidade financeira.
    - Análise da Conta de Resultados.
    - Principais índices Financeiros.
    - Previsão de Resultados.
    Análise Previsível de Empresas Não Financeiras:
    - Introdução.
    - Estados Financeiros.
    - Consolidação de Balanços.
    - Alavancamento Operativo e Financeiro.
    - Análise de Investimentos.
    - Análise de Financiamento.
    - Análise Fundamental.

    MÓDULO 2. VALORIZAÇÃO DE EMPRESAS:
    Fundamentos da Valorização.
    Emprego do "Discounted Cash-Flow".
    Risco e Retorno.
    Cálculo do Custo de Capital.
    Cálculo do Valor Residual.
    Elaboração de um modelo de valorização (Folha Excel).
    Casos Práticos.
    Análise através de Índices:
    - índices sobre o Valor do "Equity".
    - Índices sobre o Valor da Firma ("Enterprise Value").
    - Índices ligados a Modelos de Geração de Valor.
    - Índices versus Margens.
    - Índices versus Crescimento.
    Análise Setorial:
    - Análise da Valorização de Empresas dos Setores mais significativos na Bolsa.
    Utilização da Simulação de Monte Carlo para a valorização das empresas.

    MÓDULO 3. FUSÕES E AQUISIÇÕES DE EMPRESAS:
    O Mercado de Fusões e Aquisições na Espanha:
    - Evolução histórica.
    - Aquisições de grupos estrangeiros na Espanha.
    - Aquisições de grupos espanhóis na Espanha.
    - Principais assessores.
    Origem/Mandato de Assessoramento:
    - Fontes de Iniciação.
    - O "Pitch": Primeiro documento apresentado ao cliente potencial (Presidente, Conselheiro Delegado e/ou Diretor Geral).
    - O Mandato de Assessoramento: documento que regula a relação cliente - assessor e as cláusulas mais relevantes.
    Desenho do Processo:
    - Tipo de Processo
    Pregão controlado ("Controlled Auction"):
    - Calendário Preliminar.
    - Aspectos mais relevantes da valorização nas M&A.
    - Elaboração do Caderno de Venda.
    - Fase de Marketing: Lista de Candidatos Potenciais a serem Contatados ("Buyers List").
    - Fase I: Recepção de Ofertas Não Vinculativa.
    - Fase II: "Due Diligence" preliminar dos 2-3 Candidatos.
    - Fase III: Fechamento da Operação.
    - Aspectos Regulatórios.
    - As OPAS.
    Alternativas de Financiamento da Aquisição.
    Aspectos Fiscais: Maximização da Rentabilidade para o Comprador-Vendedor.
    Casos Práticos.

    MÓDULO 4. MERCADOS DE CAPITAIS:
    Renda Fixa:
    - Fundamentos do Mercado de Renda Fixa
    - Mercado de Capitais e Banco de Investimento
    O papel das Entidades Financeiras Multilaterais:
    - Instituições Financeiras Multilaterais
    - Outros organismos financeiros multinacionais
    Renda Variável:
    - As ofertas públicas de venda (IPO's):

    MÓDULO 5.          
    O BANCO DE ATACADO E SUA INTERRELAÇÃO COM A ÁREA DE CORPORATE FINANCE:
    Modelos de Banco Comercial e Banco de Investimento.
    O Banco de Atacado.
    O Banco Corporativo:
    - Conceito.
    - Organização.
    - Banco de Relação vs Banco de Produtos.
    - Banco Corporativo local vs Banco Corporativo global.
    - Empresas Nacionais e Multinacionais.
    - O Diretor de Conta ou Gestor da Relação
    - Estratégia de negócios
    - Promoção e segmentação de clientes.
    - Principais áreas de produto no Banco Corporativo em relação à área de mercado.
    - Banco Corporativo e Banco de Investimento
    A Não Intermediação financeira
    Fatores determinantes para a seleção de um Bônus, da perspectiva da empresa.
    Análise de Riscos no Banco Atacadista:
    - O papel Estratégico da Função de Riscos.
    - Estrutura de uma Área de Riscos no Banco Atacadista.
    - Circuitos de Riscos.
    - Princípios Básicos das Políticas de Riscos
    - Como são fixados os limites de Risco.
    - A relação Risco/Rentabilidade como principio básico na tomada de decisões
    - A Análise do Risco nas Empresas.
    - A Análise das Instituições Financeiras.
    - A Análise de Instituições.
    - A Análise Risco - País.
    - A Análise do Risco no Financiamento de Projetos.

    MÓDULO 6. PROJECT FINANCE:
    Introdução e conceitos básicos.
    O núcleo do Project Finance:
    Valorização econômica do projeto através do contrato EPC.
    Caso Prático: Estimação do investimento de um projeto e a negociação de uma SVP com um contratista geral, através de um EPC.
    Contratação Internacional e Garantias.
    Convênio Financeiro, Contratos de subministro e garantia.
    Caso Prático: Pontos críticos na redação de um "International Memorandum":
    A fiscalidade interna e externa nas operações de Project Finance.
    O "Cash Flow" dos projetos base da SVP.
    Fontes de Financiamento disponíveis.
    Riscos no Project Finance.
    Caso Prático: Caso base de discussão de riscos, financiamento, fluxos e valorização econômica de um Project Finance.
    Ajudas Públicas e Organismos que suportam operações de Project Finance. As "Export Credit Agencies" (ECAs) perante o Project Finance.
    Caso Prático de um Project Finance na Espanha – Infra-estruturas.
    Co-financiamento.
    Casos Práticos Internacionais:
    - Caso Energia.
    - Caso Indústria Pesqueira.

    MÓDULO 7. OUTROS FINANCIAMENTOS ESTRUTURADOS:
    Titulação de Ativos:
    - O que é a Titulação?
    - Ativos que podem ser titulados.
    - O processo da Titulação.
    - As Companhias "Monoline" ou de "Credit Enhancement".
    - A Titulação do ponto de vista do investidor.
    - A divisão dos riscos em operações de Titulação.
    - Implicações dos Efeitos da Titulação.
    - Aplicações da Titulação: Casos Práticos.
    - A Titulação na Espanha.
    - A Visão da Agência de Qualificação.
    O "Tax Leverage Lease".

    MÓDULO 8. PARTICIPAÇÕES INDUSTRIAIS:
    O Modelo de Banco Industrial:
    - Banco de Investimento versus Banco Tradicional.
    - O conceito de Sócio Financeiro.
    - Carteira Estratégica e Carteira de Rotação.
    Medição do Retorno do Investimento:
    - Dividendos e mais-valia. A medida em longo prazo (T.I.R.) e a medida contábil (R.O.A. e R.O.E.).
    - Criação de valor ao acionista.
    Normativa Contábil:
    - A consolidação por integração global.
    - A consolidação em equivalência.
    - A normativa do Banco de Espanha.
    As Participações Industriais como unidade de negócio:
    - A alavancada financeira.
    - Determinação do Balanço e Conta de Resultados.
    Casos práticos:
    - Comparação das Carteiras Industriais das principais instituições financeiras espanholas (BBVA, SCH, CAJA MADRID e LA CAIXA ).
    - Formação de uma Carteira Industrial.

    MÓDULO 9. UTILIZAÇÃO DOS PRODUTOS DERIVADOS NO CORPORATE FINANCE:
    Futuros e Forwards.
    Opções: Fundamentos e Valorização.
    Análise das Derivadas de uma Opção.
    Estratégias dos Produtos Derivados.
    A utilização das Opções Tradicionais na compra-venda de empresas.
    A utilização das Opções Exóticas na compra-venda de empresas.
    A utilização dos "Equity Swap" na compra-venda de empresas.
    A utilização dos Produtos Derivados nas Ofertas Públicas de Venda.
    Utilização dos "Credit Derivatives" para a gestão do Risco de Crédito:
    - Modelização do Risco de Crédito.
    - Novos Produtos Derivados sobre Risco de Crédito.

    MÓDULO 10. O VENTURE CAPITAL / CAPITAL RISCO:
    Financiamento de Aquisições:
    - Aspetos Introdutórios.
    - Agentes participantes no Mercado.
    - Descrição das etapas habituais numa operação.
    - Métodos de Valorização de Empresas não cotizadas a partir da Perspectiva do Acionista.
    - O Capital de Risco na Espanha.
    - O Capital de Risco nos Estados Unidos.
    - O Capital de Risco na Europa.
    Operações Alavancadas:
    - Tipos de Operações.
    - Condições necessárias para uma operação alavancada.
    - Estrutura operativa das operações.
    - Estrutura financeira das operações.
    - Tipos de investidores financeiros participantes.
    - Acordos.

    MÓDULO 11. TRADE & COMMODITY FINANCE:
    Visão geral do Comércio Internacional.
    Riscos.
    Instrumentos de pagamento.
    Créditos documentários como instrumentos de financiamento.
    Financiamento de "Commodities".
    "Countertrade" / "Barter".
    Outros instrumentos de financiamento de operações a curto e médio prazo.
    Garantias.
    Financiamento a médio e longo prazo.
    Trade & Commodity Finance em países emergentes.


    • Duração: 520 horas

    - Valor: 18.500 euros

    Nova turma em 2011.

Outro curso relacionado com Corporate Finance

Utilizamos cookies para melhorar nossos serviços. Se continuar navegando, consideramos que aceita o seu uso. Ver mais  |