Home > Mestrado > Assistência para a Comunidade > Porto - Cidade > Mestrado em Acção Humanitária, Cooperação e Desenvolvimento - Porto - Cidade - Porto

Mestrado em Acção Humanitária, Cooperação e Desenvolvimento

Solicite informação sem compromisso UFP - Universidade Fernando Pessoa

Para enviar a solicitaçao, você deve aceitar a Política de Privacidade

Comentários sobre Mestrado em Acção Humanitária, Cooperação e Desenvolvimento - Presencial - Porto - Cidade - Porto

  • Objectivos
    A acção humanitária surgiu, historicamente, da vontade de prestar às vítimas dos conflitos e das catástrofes naturais uma assistência médica.

























    No entanto, o Humanitário passou a significar não apenas socorro mas também progresso social. Assim à Emergência Médica alia-se a cooperação para a Reabilitação e Desenvolvimento.

























    A complexidade da intervenção Humanitária implica, assim, cada vez mais, uma profissionalização sustentada por uma formação transdisciplinar.

























    Tendo em conta esta necessidade e a ausência de formação nesta área em Portugal, surge a presente Pós-Graduação em Intervenção Humanitária na Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da UFP congregando as competências adquiridas nas ONGs com a reflexão teórica de âmbito académico.
  • Dirigido a
    Licenciaturas ou bacharelatos relevantes para a Acção Humanitária (Relações Internacionais; Direito; Medicina; Enfermagem; Sociologia; Antropologia; Psicologia; Serviço Social; Engenharia; etc.).
  • Titulação
    Mestre em Acção Humanitária, Cooperação e Desenvolvimento
  • Conteúdo
    Grau / Duração / ECTS2º Ciclo (Mestrado) / 3 semestres / 90 ECTS
    O Mestrado em Ação humanitária, Cooperação e Desenvolvimento (HACD) prepara profissionais ou futuros profissionais para lidar com respostas humanitárias. É um programa internacional, que tem vários anos de experiência e conta com profissionais especializados, tanto professores como convidados civis e militares.
    As emergências humanitárias acontecem em diferentes tipos de situações, que são mais frequentemente situações de conflito, mas podem ser igualmente de catástrofes naturais, ou ainda problemas de emergências em saúde ou de riscos para específicos para a segurança.
    A resposta a estas situações opta por uma abordagem humanista e por estratégias específicas, nomeadamente: a promoção da saúde e do bem-estar essencial da pessoa, a preparação para situações de desastres e de riscos para a segurança, a análise e a prevenção de crises internacionais e internas. A organização é o ponto essencial, e por isso é preciso saber fazer o planeamento de situações de emergência, saber coordenar e saber conviver entre os vários operadores da emergência para o fornecimento de serviços humanitários, conhecer as ferramentas de logísticas e de apoio à gestão, e as formas de avaliação pós-emergência e de desenvolvimento pós-crise.

Outro curso relacionado com Assistência para a Comunidade

Utilizamos cookies para melhorar nossos serviços. Se continuar navegando, consideramos que aceita o seu uso. Ver mais  |