Home > Pós-graduação > Psicologia - Todas > Coimbra - Coimbra > Pós-Graduação em Psicogeriatria: "melhores respostas, melhores cuidados" - 5ª e 6ª edição - Coimbra - Coimbra - Coimbra

Pós-Graduação em Psicogeriatria: "melhores respostas, melhores cuidados" - 5ª e 6ª edição

Solicite informação sem compromisso Instituto CRIAP

Para enviar a solicitaçao, você deve aceitar a Política de Privacidade

Comentários sobre Pós-Graduação em Psicogeriatria: "melhores respostas, melhores cuidados" - 5ª e 6ª edição - Presencial - Lisboa - Cidade - Lisboa

  • Objectivos
    Portugal é um dos países da União Europeia em que se assiste a um maior envelhecimento da população. Actualmente, há 116 idosos por cada 100 jovens. De acordo com dados do Instituto Nacional de Estatística, daqui a 50 anos, o país vai ter três idosos por cada jovem. Este incremento da população envelhecida tem levado ao aumento da prevalência das patologias. Em face desta situação, um dos maiores desafios e uma exigência prioritária, é a de garantir melhores condições assistenciais aos idosos e seus familiares/cuidadores de forma a promover um envelhecimento mais saudável. Esta pós-graduação abrange diversos temas relacionados com os idosos, apresentados numa perspectiva multidisciplinar e pretende dar melhores respostas às necessidades desta população, garantindo melhores cuidados e melhor qualidade de vida. Ministrar conhecimentos necessários ao diagnóstico, classificação, avaliação e tratamento psicológico da psicopatologia do idoso.

    Formação de acordo com protocolos de tratamento empiricamente validados.

    Conceptualização e discussão de casos clínicos.
  • Dirigido a
    Estudantes universitários e Licenciados em Psicologia; Medicina, Enfermagem, Serviço Social, Gerontologia, Sociologia, Terapia Ocupacional e/ou áreas´afins ou equivalente legal.
  • Conteúdo

    COIMBRA| início 15 de Dezembro de 2012 

    LISBOA| início 23 de Fevereiro de 2013 


    Coordenação CientíficaDra Filomena Santos

    PLANO GERAL OBRIGATÓRIO - PARTE I 

    PLANO OPCIONAL - PARTE II  (gratuíto e sujeito a pré-inscrição)

    PARTE I 

    1º MÓDULO: BEM-ESTAR E QUALIDADE DE VIDA
    1.1. Aspectos sócio-demográficos do envelhecimento.
    1.2. Aspectos psico-sociais do envelhecimento.
    1.3. Envelhecimento óptimo (modelo SOC de P. Baltes).
    1.4. Envelhecimento Activo.
    1.5. Bem-estar Subjectivo: aspectos cognitivos (satisfação de vida) e aspectos (felicidade).
    1.6. Qualidade de vida e saúde.
    1.7. Envelhecimento e ambiente: aplicações práticas.

    2º MÓDULO: BIOLOGIA DO ENVELHECIMENTO
    2.1. Aspectos e princípios da biologia do envelhecimento fisiológico e patológico.
    2.2. Teorias baseadas no envelhecimento dos órgãos, sistemas e células.
    2.3. Fisiologia do envelhecimento. Alterações funcionais e estruturais dos órgãos e sistemas.
    2.4. Consequências clínicas das alterações fisiológicas associadas com o envelhecimento – Das doenças "tradicionais” aos síndromes geriátricos.
    2.5. Avaliação em geriatria clínica e funcional. Grupos de risco e causas de fragilidade ou de alto risco. Discussão de casos clínicos.

    3º MÓDULO: DIFERENÇAS INDIVIDUAIS NA ADAPTAÇÃO FACE A ACONTECIMENTOS DE VIDA
    3.1. O conceito de “acontecimento de vida” sob o ponto de vista psicológico e social.
    3.2. Acontecimentos de vida característicos da “meia-idade” e da velhice.
    3.3. Impacto dos acontecimentos de vida ao nível da adaptação psicossocial e do bem-estar psicológico.
    3.4. Um exemplo: a “passagem à reforma”.
    3.4.1. As fases da “passagem à reforma”.
    3.4.2 . “Passagem à reforma”, mudança e estabilidade do self.
    3.4.3 . Variáveis de ajustamento.
    3.4.4. Padrões de transição-adaptação à reforma na população portuguesa.


    4º MÓDULO: DA 3ª PARA A 4ª IDADE: DILEMAS E DESAFIOS ADAPTATIVOS 
    4.1. Envelhecimento e desenvolvimento: ganhos e perdas desenvolvimentais.
    4.2. As “boas notícias” da 3ª idade.
    4.3. As “más notícias” da 4ª idade.
    4.4. Da 3ª à 4ª idade: do envelhecimento diferencial à diminuição da variabilidade inter-individual.
    4.5. Dilemas e desafios.

    5º MÓDULO: A PERSONALIDADE NA IDADE ADULTA AVANÇADA 
    5.1. A representação social do envelhecimento.
    5.2. A questão da estabilidade e da mudança da personalidade.
    5.3. Alterações da personalidade e implicações para a intervenção.
    5.4. Desenvolvimento da identidade na idade adulta.
    5.5. Noções de desenvolvimento e de inteligência do adulto.
    5.6. Dados dos estudos sobre a sabedoria

    6º MÓDULO: INTERVENÇÃO NA IDADE ADULTA AVANÇADA
    6.1. Principais abordagens psicoterapêuticas na idade avançada.
    6.2. Processos transferenciais e contratransferênciais.
    6.3. Perda e Luto: Modelos compreensivos e estratégias de intervenção.
    6.4. Adaptação à reforma e ao lazer: Aconselhamento e transições de vida

    7º MÓDULO: ENVELHECIMENTO E MEMÓRIA
    7.1. Como funciona a memória.
    7.2. Tipos de memória.
    7.3. Estruturas neurotransmissoras.
    7.4. Alterações da memória no envelhecimento normal e em situações de demência.
    7.5. Principais mecanismos subjacentes ao declínio da memória.
    7.6. Instrumentos de avaliação construídos especificamente para avaliar a memória em idosos (e.g. Free and Cued Selective Reminding Test; Fuld Object Memory Evaluation).
    7.7. Outros instrumentos de avaliação da memória (e.g., Rey Auditory-Verbal Learning Test, The Cambridge Prospective Memory Test, Benton Visual Retention Test – Revised).

    8º MÓDULO: CUIDAR DE IDOSOS: UMA METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO 
    8.1. A importância da multidisciplinaridade nos cuidados aos idosos.
    8.2. Avaliação multidimensional no idoso. Entrevista estruturada em Psicogeriatria.
    8.3. Entrevista com os familiares/cuidadores.
    8.4. Envelhecimento normal e envelhecimento patológico.
    8.5. Diagnóstico precoce e disfunção cognitiva e diagnóstico diferencial.
    8.6. Declínio cognitivo associado à idade / Declínio Cognitivo Ligeiro / Demência.

    9º MÓDULO: O CONTRIBUTO DA NEUROPSICOLOGIA NO ENVELHECIMENTO 
    9.1. Avaliação Neuropsicológica. Objectivos da Avaliação Neuropsicológica.
    9.2. Factores que interferem na Avaliação Neuropsicológica.
    9.3. Exploração neuropsicológica breve para despiste de declínio cognitivo.
    9.4. Exploração neuropsicológica geral/específica.
    9.5. Baterias neuropsicológicas específicas das demências.
    9.6. Escalas de avaliação da severidade nas demências.
    9.7. Avaliação neuropsicológica das funções executivas.
    9.8. Avaliação do humor e avaliação das alterações psicológicas e comportamentais na demência.
    9.9. Avaliação da qualidade de vida do doente psicogeriátrico e cuidador.

    10º MÓDULO: DEMÊNCIAS
    10.1. Conceito de demência/síndrome demencial e estádios de transição.
    10.2. Diagnóstico diferencial dos síndromes demenciais e perspectivas epidemiológicas.
    10.3. Aspectos etiológicos, fisiopatológicos e genéticos da doença de Alzheimer e outras demências neurodegenerativas.
    10.4. Clínica das demências neurodegenerativas. Características típicas, sinais atípicos, formas e estádios de evolução, com particular relevância para a doença de Alzheimer.
    10.5. Investigação laboratorial e imagiológica nas demências. O estudo básico e avançado. Aspectos característicos e atípicos nas principais demências.
    10.6. Tratamento farmacológico nas demências: terapêutica sintomática cognitiva e e das perturbações neuropsiquiátricas. Referência a potenciais terapêuticas modificadoras da evolução, em fase de investigação. As abordagens não farmacológicas em síntese.
    10.7. Casos clínicos. Discussão interactiva da abordagem diagnóstica e terapêutica.

    11º MÓDULO: INTERVENÇÃO E REABILITAÇÃO COGNITIVA NO ENVELHECIMENTO NORMAL E PATOLÓGICO: MODELOS E TÉCNICAS
    11.1. Suporte empírico.
    11.2. Estimular a memória.
    11.3. Quando e como intervir.
    11.4. Discussão de casos e elaboração de planos de intervenção.

    12º MÓDULO: A DEPRESSÃO NO IDOSO
    12.1. Semiologia clínica especial; Formas clínicas; Epidemiologia, factores de risco e vectores etiológicos.
    12.2. Avaliação.
    12.3. Luto, perda e Depressão.
    12.4. O suicídio no idoso; Epidemiologia; Avaliação; Intervenção terapêutica e estratégias de prevenção.
    12.5. Modalidades específicas de tratamento; Farmacoterapia; Psicoterapia; Terapia e lectroconvulsiva.
    12.6. Casos clínicos / Discussão.

    13º MÓDULO: PERTURBAÇÕES DA ANSIEDADE NO ADULTO IDOSO
    13.1. Distress psicológico no adulto idoso: considerações gerais.
    13.2. Epidemiologia e clínica da ansiedade no idoso (prevalências, manifestações clínicas, especificidades, comorbilidades, factores de vulnerabilidade).
    13.3. Avaliação e diagnóstico (entrevista clinica, instrumentos de avaliação, critérios de diagnóstico e diagnóstico diferencial).
    13.4. Tratamento (intervenções psicológicas e psicofarmacológicas).

    14º MÓDULO: AS PSICOSES TARDIAS
    14.1. Semiologia clínica dos quadros psicóticos.
    14.2. Esquizofrenia tardia e outros estados delirantes.
    14.3. Intervenções terapêuticas multidisciplinares.
    14.4. Casos Clínicos / Discussão.
    14.5. Psicofarmacologia: aspectos particulares no idoso.
    14.5.1. Princípios específicos.
    14.5.2. Ensaios clínicos e limitações.
    14.5.3. Farmacocinética e farmcodinâmica.
    14.5.4. Segurança e eficácia.
    14.5.5. Aderência (Compliance).
    14.5.6. Interacções medicamentos e toxicidade.
    14.5.7. Estratégias multidisciplinares de intervenção e aderência em farmacoterapia no idoso.
    14.5.8. Programa de Intervenção para a Autonomia da Medicação.

    15º MÓDULO: OS CUIDADOS DE ENFERMAGEM NAS PESSOAS IDOSAS
    15.1. Cuidar da Pessoa Idosa
    15.2. Estratégias de intervenção
    15.3. Cuidados formais e informais
    15.4. – Avaliação das necessidades de cuidados na pessoa idosa/focos de intervenção
    15.5. Modelo de intervenção comunitário
    15.6. Cuidados à família e cuidadores 

    16º MÓDULO: A SEXUALIDADE NO IDOSO

    16.1. A sexualidade e o modelo de sexualidade dominante.
    16.2. Mitos acerca da sexualidade no envelhecimento.
    16.3. Menopausa e sexualidade pós-menopausa.
    16.4. Andropausa e sexualidade pós-andropausa.
    16.5. Sexo e sexualidade na 3ª idade.
    16.6. Sexualidade e demência.
    16.7. O comportamento sexual dos idosos demenciados.
    16.8. Possibilidades terapêuticas psico-comportamentais e farmacológicas.

    17º MÓDULO: O SONO NO IDOSO
    17.1. Arquitectura do sono.
    17.2. Ritmicidade biológica ao longo da vida: o ritmo do sono no idoso.
    17.3. Perturbações do sono mais frequentes no idoso.
    17.4. Avaliação das perturbações do sono.
    17.5. Intervenção farmaco-psicológica das Perturbações do sono.

    18º MÓDULO: COMO AVALIAR O ESTADO NUTRICIONAL NA PESSOA IDOSA
    18.1 Alterações do comportamento alimentar associadas ao processo de envelhecimento.
    18.2 Perda de peso e suas implicações na função cognitiva e capacidade funcional.
    18.3 Desnutrição na pessoa idosa e outros problemas nutricionais associados - Impacto Económico - DALY (Disability Adjusted Life Year).
    18.4 Necessidades Energéticas Diárias.
    18.5 Necessidades Hídricas Diárias.
    18.6 Recomendações de Ingestão Diária (RDIs).
    18.7 Estratégias de intervenção nutricional na pessoa idosa com:
              - disfagia;
              - demência;
              - doença de Parkinson;
              - outras comorbilidades.

    18.8 Interacção fármaco-nutriente.
    18.9 Plano alimentar e suplementação nutricional.
    18.10 Conforto alimentar e qualidade de vida.

    19º MÓDULO: POLÍTICAS SOCIAIS E ENVELHECIMENTO 
    19.1. Analisar em contexto Europeu, as directrizes e os princípios gerais preconizados sobre os Cuidados a Idosos/as.
    19.2. As Políticas sociais da Velhice, a institucionalização do encargo social da velhice, e a emergência de um campo de produção de bens especificamente orientados para a velhice.
    19.3. Visão integrada dos cuidados com Idosos/as, modelo “compreensivo” e continuidade de cuidados – respostas sociais. Reflectir sobre as Políticas Sociais, Direitos e Deveres dos Idosos/as.
    19.4. Apresentar e analisar lógicas, mecanismos de avaliação, intervenção e articulação interinstitucional.

    20º MÓDULO: ABUSO E NEGLIGÊNCIA À POPULAÇÃO IDOSA
    20.1. A dimensão do problema do abuso e negligência em Portugal e na Europa. Abuso e
    negligência um problema de saúde pública. Dados de tipologia, prevalência
    nacional e internacional, factores de risco, encontrados em diferentes estudos em
    Portugal e no resto do mundo.
    20.2. Teorias explicativas do abuso.
    20.3. Avaliação de despiste do abuso e da negligência.
    20.4. Equipas de prevenção do abuso e da negligência.
    20.5. Serviços e instituições de apoio a pessoas vítimas idosas.

    21º MÓDULO: ASPECTOS ÉTICOS-LEGAIS NOS IDOSOS 
    21.1. O idoso perante o sistema legal: dados da investigação psicológica na prática pericial e clínica.
    21.2. Questões éticas aplicáveis à avaliação pericial de idosos.
    21.3. Avaliação da capacidade civil e perícias correlatas: a determinação de eventual Inabilitação, Interdição, capacidade testamentária e para efectuar doações, credibilidade do testemunho e capacidade de se representar. Doença mental e casamento.
    21.4. Estudo de casos.

    22º MÓDULO: INSTITUCIONALIZAÇÃO E CUIDADOS
    22.1. Cuidados continuados e cuidados paliativos.
    22.2. Rede nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI).
    22.3. Base conceptual da RNCCI: filosofia e valores.
    22.4. Estrutura da RNCCI: Unidades e equipas.
    22.5. Prestação de cuidados - modelo de intervenção.
    22.6. A RNCCI na Região Norte.

    23º MÓDULO: SUPERVISÃO ESTÁGIOS / ESTUDOS DE CASOS

     

    PARTE II - Módulo 24 e 25º é opcional . Workshops Práticos e Estágio Curricular.

    24º MÓDULO

    Formações práticas em diversas temáticas na área da Psicologia podendo optar por 12 horas de formação gratuíta.
    Salienta-se que algumas formações podem ser de administração, aplicação, cotação e interpretação de instrumentos psicologicos e neste caso só poderão frequentar as mesmas, os formandos da área de psicologia

    25º MÓDULO

    Estágio (Práticas numa Instituição de apoio à idade adulta avançada(privada ou hospitalar), cuja orientação e supervisão do estágio será efectuada pelo Coordenador  Científico do INSTITUTO CRIAP.

Outro curso relacionado com Psicologia - Todas

Utilizamos cookies para melhorar nossos serviços. Se continuar navegando, consideramos que aceita o seu uso. Ver mais  |