Home > Centros em Portugal > Centros em Coimbra > Centros em Coimbra - Coimbra > ISBB - Instituto Superior Bissaya Barreto

Informação

O enquadramento do Instituto Superior Bissaya Barreto como estabelecimento de educação no âmbito do ensino superior, insere-se num contexto que encontra explicação na obra social legada pelo Professor Bissaya Barreto (1886-1974), percursor de toda uma acção de filantropia, de assistência e promoção da cultura que, desde há várias épocas, vem privilegiando a região centro do país. Em Coimbra, Bissaya Barreto inaugura a segunda instituição de ensino superior privado do país - a Escola Normal Social (que mais tarde se designará por Instituto Superior de Serviço Social de Coimbra) - fundada em 1937 e criada dois anos após a Escola de Serviço Social de Lisboa, contribuindo decisivamente para o desenvolvimento, entre nós, da profissão de Assistente Social, a qual passa a ser ministrada em ambas as escolas e em colaboração com associações laicas e religiosas, associando-se, no caso da Escola de Coimbra, a figura de uma religiosa franciscana missionária, Marie Constance Davon.

Facultava-se por esta altura o ensino de cariz ideológico cristão, direccionado para um público feminino, que visava uma formação especializada nas áreas da educação e da assistência social.

Por inerência do seu papel político no distrito, Bissaya Barreto permanece desde sempre como um elemento de grande referência associado à institucionalização do Serviço Social. A partir de 1927 assume a Presidência da Junta Geral do Distrito de Coimbra, ora Junta de Província da Beira Litoral, sendo assim facilitada a passagem do alvará daquela instituição de ensino em nome desta Junta, situação esta que permanece até 1974 com Bissaya Barreto sempre à frente dos destinos da Escola de Coimbra. Nesta altura, o desaparecimento daquele órgão resulta na transferência do alvará para a Assembleia Distrital e assiste-se ao desvinculamento do Instituto ao seu patrono.

Passados mais de 50 anos e com o intuito de dar continuidade e expandir a obra social do patrono, a Fundação Bissaya Barreto toma a iniciativa de abrir uma nova escola, desta feita com o seu nome, promovendo numa primeira fase a formação ao nível do curso de Serviço Social. Posteriormente o Instituto Superior Bissaya Barreto assume no âmbito da sua estratégia de desenvolvimento, a preocupação pela ampliação e diversificação das suas áreas de ensino universitário, de acordo com as solicitações do mercado de emprego, reclamando qualidade e rigor nas licenciaturas que ministra. É nesta configuração que se impõe o Instituto como estrutura educativa, sempre suportado na sua lógica de actuação, pela filosofia do seu patrono: "Universidade e Sociedade têm de se entender e compreender no tempo e na orientação! A sociedade muda, evoluciona; a Universidade não pode pois ser estática, tem de conhecer e acompanhar as exigências sociais do tempo e do meu."

Mestrado e Cursos do Centro

Utilizamos cookies para melhorar nossos serviços. Se continuar navegando, consideramos que aceita o seu uso. Ver mais  |   X