Home > Pós-graduação > Responsabilidade Social Corporativa > Online > Especialização Pós-Universitária em Gestão das Organizações Sociais - Online

Especialização Pós-Universitária em Gestão das Organizações Sociais - Online

Solicite informação sem compromisso FormaçãOnline

Para enviar a solicitaçao, você deve aceitar a Política de Privacidade

Comentários sobre Especialização Pós-Universitária em Gestão das Organizações Sociais - Online

  • Conteúdo
    Especialização Pós-Universitária em Gestão das Organizações Sociais.
     
    Carga horária: 300 horas

    Categorias: Especializações Pós-Universitárias, Gestão e Administração

    Resumo.

    Esta especialização pós-universitária pretende formar profissionais com um conjunto de competências e ferramentas que lhes permitam gerir e apoiar as direções e corpos sociais das organizações do Terceiro Sector/Economia Social, colaborando ativamente nos seus processos de organização e estratégia, com o objetivo de desempenho mais profissional, equilibrado e sustentável destas organizaçõetes, no âmbito do cumprimento da sua missão social. A Especialização em Gestão das Organizações Sociais procura dar resposta a necessidades de formação em matérias de gestão, sentidas no sector de economia social.

    A FormaçãOnline criou este programa que se torna fundamental pelo facto de a capacitação das instituições e organizações do Sector Público ou Sector Privado, em particular das Organizações Sociais não lucrativas, identificadas no quadro da Economia Social, ser da maior importância para o país.

    O Tempo do voluntariado para a realização e viabilização de obra social, colide com a exigência cada vez maior da qualidade de serviços prestados. É necessário assegurar níveis de desempenho elevados, o que se traduz numa forte aposta na formação de quadros das Organizações Sociais.

    Esta especialização foca diferentes vertentes da área da gestão, das quais se destacam a Gestão Financeira, Gestão de Recursos Humanos, as fontes de financiamento e o planeamento, visando aumentar o valor económico e social no curto espaço de tempo.

    O peso da economia social está a crescer em Portugal e os números dão conta desta dimensão: o sector social tem cerca de 260 mil trabalhadores dedicados, o que faz dele o segundo maior ‘empregador’ nacional, e movimenta anualmente mais de 15 milhões de euros de recursos. Os últimos estudos que mediram o pulso a este sector revelam ainda que são mais de 61 mil as entidades envolvidas na economia social e que o seu contributo para o PIB nacional, quando medido do valor do trabalho voluntário, ascende a 3,8%. A economia social representa ainda cerca de 5,5% do total do emprego remunerado (In, Dinheiro Vivo, Novembro de 2017).

    Objetivos:

    Gerais:

    • Desenvolver competências em gestão de organizações, com o intuito de maximizar o seu valor económico e social no curto, médio e longo prazo.

    • Criar no formando a salutar ambição de readaptar a estratégia organizacional aos objetivos da instituição.

    • Dotar o formando de conhecimento acerca das ferramentas de gestão, bem como potenciar as capacidades de decisão e gestão dos quadros dirigentes de entidades do Setor de Economia Social;

    • Proporcionar ferramentas para motivar de forma mais eficaz os colaboradores e melhorar a capacidade de liderança efetiva dos gestores.

    Específicos:

    Concluída a ação de formação, os e-alunos deverão ser capazes de:

    • Dar respostas sociais, através de uma preparação e dotação dos formandos, contribuindo estes, para uma importante dinâmica de coesão social;

    • Contribuir com profissionais de excelência para o Setor da Economia Social, que se constitui como uma área de especialização inteligente consignada no Programa Portugal 2020 e na Estratégia Nacional de Investigação e Inovação para uma Especialização Inteligente (ENEI);

    • Refletir sobre o eficiente aproveitamento dos recursos, nomeadamente no que diz respeito a apoios financeiros e materiais oriundos de pessoas coletivas ou individuais;

    • Adquirir competências técnicas que permitam dar resposta à necessidade das organizações de, embora desenvolverem a sua atividade na área não lucrativa, consolidarem e manterem a sua sustentabilidade humana, logística, física e financeira.

    Programa.

    Módulo 1 – Introdução ao conceito de Economia Social – As Organizações Sociais
    • 1.1 Conceito de Economia Social e de Organizações Sociais e Conceptualização das diferentes áreas da Economia – O que as distingue?
    • 1.2 Enquadramento legal da Economia Social (Leis de Bases)
    • 1.3 Entidades que integram a Economia Social e suas áreas de atuação
    • 1.4 A Relação entre a Economia Social e as Empresas
    • 1.5 A Economia Social e as relações com o Estado
    • 1.6 Boas Práticas da Economia Social

    Módulo 2 – Liderança e Gestão de Recursos Humanos nas Organizações Sociais
    • 2.1 A Gestão de Recursos Humanos nas Organizações Sociais
    • 2.2 Recrutamento
    • 2.3 Como recrutar online?
    • 2.4 Selecionar os melhores candidatos
    • 2.5 Plano de Formação
    • 2.6 Levantamento de Necessidades de Formação2.7 Gestão de Competências
    • 2.8 Avaliação de Desempenho: objetivos, critérios e avaliadores
    • 2.9 O Processo de Avaliação de Desempenho
    • 2.10 Conceção e Gestão de um Sistema de Avaliação de Desempenho
    • 2.11 Modelos de Compensação e Benefícios
    • 2.12 Compensação e a Motivação
    • 2.13 Liderança de Equipas

    Módulo 3 – Contabilidade e Fiscalidade nas Organizações Sociais
    • 3.1 A Contabilidade – conceitos fundamentais
    • 3.2 A Contabilidade Social
    • 3.3 A fiscalidade aplicável às Organizações Sociais

    Módulo 4 – Gestão Financeira nas Organizações Sociais
    • 4.1 Gestão Financeira nas Organizações Sociais
    • 4.2 Planeamento Financeiro nas Organizações Sociais
    • 4.3 Custo do Capital
    • 4.4 Riscos dos Investimentos Financeiros
    • 4.5 Racionalização do Capital
    • 4.6 Gestão Previsional e de Tesouraria
    • 4.7 Avaliação de Desempenho

    Módulo 5 – Fontes de Financiamento e Fundraising nas Organizações Sociais
    • 5.1 A sustentabilidade económica das Organizações Sociais
    • 5.2 Principais fontes de financiamento das Organizações Sociais
    • 5.3 A redução das fontes do Estado e a necessidade de diversificação de receitas
    • 5.4 Conceito de Angariação de Fundos (Fundraising)
    • 5.5 Plano de Angariação de Fundos

    Módulo 6 – Empreendedorismo e Inovação Social
    • 6.1 Introdução ao empreendedorismo social
    • 6.2 Criação da mudança social: Oportunidades de negócio com valor social
    • 6.3 Os Objetivos de Desenvolvimento do Sustentável
    • 6.4 Construção de parcerias comunitárias na abordagem a problemas sociais
    • 6.5 Desenvolvimento de uma teoria da mudança
    • 6.6 O papel da inovação social
    • 6.7 O modelo de negócios: Desenvolvimento de um modelo de negócios social

    Módulo 7 – Gestão do Desempenho e medição do Impacto Social
    • 7.1 Introdução à avaliação do impacto social
    • 7.2 Construir uma estrutura de impacto
    • 7.3 Desenvolvimento de uma teoria da Mudança
    • 7.4 Medição de impacto e diferentes abordagens

    Módulo 8 – Gestão de Voluntários e Voluntariado Corporativo
    • 8.1 Conceito de Voluntariado e Voluntariado Corporativo
    • 8.2 Enquadramento jurídico do voluntariado – Lei de Bases, Direitos e Deveres, Diplomas
    • 8.3 Voluntariado Corporativo em Instituições da Economia Social
    • 8.4 Como implementar Programas de Voluntariado Empresarial?
    • 8.5 Como elaborar um plano de ação para uma iniciativa de Voluntariado?
    • 8.6 Boas Práticas de Voluntariado / Casos de Sucesso

    Destinatários.

    – Quadros dirigentes de instituições e organizações sociais;

    – Quadros técnicos e técnicos superiores das instituições e organizações sociais;

    – Consultores de gestão;

    – Técnicos administrativos;- Assessores de recursos humanos, finanças, comunicação, relações públicas, entre outras áreas funcionais da organização;

    – Assessores da direção e/ou dos corpos sociais da organização.

    Certificado.

    No final do curso receberá dois certificados, caso atinja os objetivos pedagógicos da formação, ou seja, que obtenha uma avaliação igual ou superior a 10 numa escala de 0-20, que serão disponibilizados na área do e-aluno no site da FormaçãOnline até um prazo máximo de 15 dias após a conclusão da ação de formação:

    Certificado de Especialização emitido pela FormaçãOnline, válido para a obtenção de créditos (ECTS), na candidatura a um Mestrado ou Doutoramento, ao abrigo do Processo de Bolonha, constituindo-se também, como uma valorização curricular na admissão a concursos públicos e privados.

    Registo na Caderneta Individual de Competências do e-aluno, emitido através da plataforma SIGO – Sistema de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa, de acordo com a Portaria n.º 474/2010 de 8 de julho em caso de aproveitamento total ou parcial.

    * Esta especialização tem o mesmo valor legal que uma pós-graduação na obtenção de créditos (ECTS).

    Avaliação.

    • O curso encontra-se dividido por Módulos num formato cumpridor dos standards internacionais de e-learning;
    • O curso tem o apoio de e-formadores, que variam de módulo para módulo, aos quais poderá colocar as suas questões a qualquer momento;
    • Em cada módulo decorrerão:
    - Sessões de esclarecimentos síncronas (Opcionais, não sujeitas a avaliação. As marcações das sessões síncronas devem ser efetuadas até 48h antes da data prevista
    - Sessões assíncronas (em horário flexível, para autoestudo e desenvolvimento de atividades propostas ao ritmo de cada e-aluno).
    • O e-aluno poderá aceder aos conteúdos do curso a qualquer hora do dia ou da noite, fins-de-semana e feriados, em função da sua disponibilidade, tendo apenas como restrição terminar o curso até ao último dia de formação;
    • O e-aluno tem a possibilidade de efetuar o download de alguns materiais de formação para gravar no seu computador ou imprimir;
    • Cada módulo é avaliado com base num exame final e num trabalho individual, contando respetivamente 70% e 30% da avaliação final do módulo;
    • Os e-alunos consideram-se aprovados sempre que obtenham classificações iguais ou superiores a 10 valores numa escala de avaliação de 0 a 20 valores.
    • A classificação final de cada módulo é obtida pela aplicação da seguinte fórmula: Exame final x 70% + Trabalho Individual x 30%

Outro curso relacionado com Responsabilidade Social Corporativa

Utilizamos cookies para melhorar nossos serviços. Se continuar navegando, consideramos que aceita o seu uso. Ver mais  |