Home > Mestrado > Sociologia > Lisboa - Cidade > Mestrado em Ciências da Família - Lisboa - Cidade - Lisboa

Mestrado em Ciências da Família

Solicite informação sem compromisso UCP - Universidade Católica Portuguesa

Para enviar a solicitaçao, você deve aceitar a Política de Privacidade

Comentários sobre Mestrado em Ciências da Família - Presencial - Lisboa - Cidade - Lisboa

  • Objectivos
    A família é uma dimensão da vida pessoal e social que envolve todos os aspectos da vida e provoca os vários saberes que se devem cruzar na busca de uma visão global. Por sua própria natureza, a família é uma questão que obriga à interdisciplinaridade e que tem marcado, em debate aceso, a agenda intelectual e política do mundo ocidental. Para se alcançar um conhecimento tendencialmente abrangente, deve este debate ter em conta as ciências sociais, a psicologia, as ciências jurídicas e as económicas, o pensamento político e filosófico e a própria teologia, os quais contextualizarão, então, estudos mais direccionados para a intervenção na família. O crescente interesse conferido à investigação e intervenção com famílias a nível nacional e internacional bem como o aumento inequívoco de estudiosos e técnicos que, no nosso país, se dedicam às famílias, é uma confirmação da pertinência de estudos de pós-graduação que facultem uma sólida formação científica em Ciências da Família. De facto, urge reunir, integrar e divulgar os diferentes saberes sobre família e propor uma formação científica e uma prática actualizada e de excelência neste campo. Um mestrado em Ciências da Família é uma proposta de estudos interdisciplinares com a possibilidade de ser direccionado para diversas áreas do saber ou da intervenção. Assim, o ICF propõe-se oferecer mestrados em Ciências da Família com diversas especializações. Para além de um tronco comum, indispensável para se estudarem os principais conceitos e as problemáticas mais relevantes, assim como, os debates mais actuais, o mestrado dividir-se-á em especializações capazes de responder aos diferentes interesses.
  • Titulação
    Mestre em Ciências da Família
  • Conteúdo

    Especialização em Políticas de Família

    No actual debate cultural são cada vez mais visíveis as preocupações que políticos de diversos quadrantes têm no que diz respeito à Família. É, também, evidente que a família, enquanto realidade transversal a toda a sociedade e que marca profundamente a personalidade de cada indivíduo, deve ser considerada como um bem a proteger e a promover. Não deixa, no entanto, de estar no centro do debate ideológico, podendo as políticas de família apresentarem-se de modos muito diferentes, consoante as ideologias que as enformam. Cresce, actualmente, uma consciência de que a partir de dados objectivos detectados na sociedade se vai poder avaliar a eficácia e a bondade das várias tentativas de políticas familiares. Tentar conhecer os vários assuntos envolvidos na política familiar e os estudos que permitem uma avaliação das propostas e das acções que se vão realizando, é o objectivo desta especialização que se destina a todos os que, podendo ser provenientes de diversas formações, estão sensíveis para a importância da família na vida social ou estão comprometidos em associações ou grupos e sentem a necessidade de uma formação mais completa.

    Plano Curricular

    1.º Semestre:
    - Metodologias de Investigação em Ciências  
    - Antropologia e Teologia da Família   
    - Desenvolvimento Pessoal, Conjugal e Familiar ao longo do Ciclo de Vida
    - Seminário Interdisciplinar em Ciências da Família I (Política, Economia e Direito)

    2.º semestre:
    - Metodologias de Investigação em Ciências da Família
    - Modelos de Educação e Intervenção Familiar
    - Políticas de Família
    - Seminário Interdisciplinar em Ciências da Família II (Demografia, Sociologia e História)

    3ºSemestre:
    - Semináriode Investigação I
    - Dissertação (redacção e tutoria) anual

    4º Semestre:
    - Seminário de Investigação II
    - Dissertação (redacção e tutoria) anual


    Especialização em Orientação e Mediação Familiar

    Este curso visa a preparação conceptual e metodológica para a orientação e a mediação de conflitos junto das famílias, quer nas relações conjugais quer nas diferentes relações intergeracionais. A noção de orientação, mais do que simples atendimento e escuta, destina-se a ajudar as pessoas a aprofundar as suas relações familiares no sentido de descobrirem soluções reais para os problemas existentes. Por sua vez, a mediação familiar consiste num processo de gestão ou resolução positiva de conflitos familiares, de carácter preventivo, baseado na cooperação, autonomia e responsabilidade das pessoas implicadas em situações de ruptura, tensões ou conflitos. Estas pessoas solicitam e aceitam voluntariamente a intervenção do mediador, profissional qualificado, confidencial, imparcial e neutral e sem poder de decisão que vai ajudar a encontrar novas vias de comunicação que permitam melhorar as relações familiares e alcançar por si mesmos compromissos mutuamente aceites que beneficiam e atendem os interesses da família, e em particular os dos menores num espírito de corresponsabilidade. Além de procurar apresentar as várias tipologias de relações familiares em que pode haver o recurso à orientação e à mediação familiar, o curso irá procurar apetrechar os alunos com técnicas de orientação e de mediação familiar. Embora com uma importante componente teórica, não deixará de ter uma parte prática.

     
    Plano Curricular


    1.º Semestre:
    - Metodologias de Investigação em Ciências  
    - Antropologia e Teologia da Família   
    - Desenvolvimento Pessoal, Conjugal e Familiar ao longo do Ciclo de Vida
    - Seminário Interdisciplinar em Ciências da Família I (Política, Economia e Direito)

    2.º semestre:
    - Metodologias de Investigação em Ciências da Família
    - Modelos de Educação e Intervenção Familiar
    - Orientação e Mediação Familiar  
    - Seminário Interdisciplinar em Ciências da Família II (Demografia, Sociologia e História)

    3ºSemestre:
    - Semináriode Investigação I
    - Dissertação(redacção e tutoria) anual


    4º Semestre:
    - Seminário de Investigação II
    - Dissertação (redacção e tutoria) anual

    As directivas de Bolonha e o decreto-Lei nº 74/2006 orientam o segundo ciclo entre os 90 e 120 créditos sendo o ensino fortemente centrado na elaboração de uma pesquisa ou de um trabalho de orientação reflexiva sobre as práticas profissionais. O currículo do Mestrado aqui proposto pressupõe um período mais acompanhado de leccionação, com suporte teórico metodológico, com uma carga horária relativamente elevada. As unidades curriculares que integram o ensino teórico têm por objectivos centrais o conhecimento e compreensão (i) das principais perspectivas teóricas sobre o campo de estudo das Ciências da Família; ii) contributos conceptuais das outras ciências sociais e humanas para este campo específico do saber. As unidades curriculares mais metodológicas incluem o apoio à elaboração da Dissertação e aprofundam a abordagem das metodologias de investigação e investigação-acção bem como a abordagem teórico-metodológica das várias metodologias de intervenção em Ciências da Família, designadamente no ramo de especialização da Orientação e da Mediação Familiar.

     


     

     

Outro curso relacionado com Sociologia

Utilizamos cookies para melhorar nossos serviços. Se continuar navegando, consideramos que aceita o seu uso. Ver mais  |