Home > Pós-graduação > Ciências Médicas > Paredes > Pós-Graduação em Emergência e Trauma - 9ª Edição (Lisboa) - Paredes - Porto

Pós-Graduação em Emergência e Trauma - 9ª Edição (Lisboa)

Solicite informação sem compromisso CESPU, Formação S.A.

Para enviar a solicitaçao, você deve aceitar a Política de Privacidade

Comentários sobre Pós-Graduação em Emergência e Trauma - 9ª Edição (Lisboa) - Presencial - Paredes - Porto

  • Objectivos
    Actualizar conhecimentos científicos, teóricos e práticos, que fundamentam as práticas clínicas de enfermagem em situações de emergência e trauma;
    Promover reflexão crítica dos cuidados de enfermagem nas situações de urgência e emergência, propondo alternativas que visem à qualidade da assistência e proporcionar tomada rápida de decisão com o intuito de manter a vida;
    Desenvolver competências que promovam atitudes de investigação e de reflexão das práticas profissionais.
  • Estágios
    O plano pedagógico organiza-se em aulas teóricas, teórico-práticas, práticas, seminários e cursos.
  • Dirigido a
    Licenciados em Enfermagem
  • Titulação
    O número de faltas não poderá exceder 20% da carga horária. Aprovação em todas as unidade curriculares, sendo condição de aproveitamento uma classificação igual ou superior a 50%.Aprovação no trabalho produzido na Unidade Curricular de Investigação.
  • Conteúdo

    Coordenação científica

    • PROF. DOUTOR A. ALMEIDA-DIAS
    • PROFA. DOUTORA ISABEL ARAÚJO
    • ENF. FILIPE FERNANDES

    Coordenação pedagógica

    • ENF. FILIPE FERNANDES

    Introdução

    Actualmente a formação contínua traduz-se num grande desafio para os profissionais de saúde, em especial para os enfermeiros. As mudanças que recentemente se têm operado, em termos de aumento de complexidade dos problemas de saúde dos cidadãos, a sofisticação das tecnologias quer de diagnóstico quer de tratamento, impõem aos enfermeiros que exercem a sua actividade profissional em unidades de urgência a uma constante actualização dos conhecimentos e práticas dirigidas, fundamentalmente, ao doente crítico.
    A Pós Graduação em Emergência e Trauma está estruturada para promover o desenvolvimento de competências cognitivas, psicomotoras e ético-relacionais a quando da sua intervenção à pessoa/família em situações de urgência.
     

    Objectivos

    • Actualizar conhecimentos científicos, teóricos e práticos, que fundamentam as práticas clínicas de enfermagem em situações de emergência e trauma;
    • Promover reflexão crítica dos cuidados de enfermagem nas situações de urgência e emergência, propondo alternativas que visem à qualidade da assistência e proporcionar tomada rápida de decisão com o intuito de manter a vida;
    • Desenvolver competências que promovam atitudes de investigação e de reflexão das práticas profissionais.


     

    Metodologia

    O plano pedagógico organiza-se em aulas teóricas, teórico-práticas, práticas, seminários e cursos.
     

    Estrutura curricular

    UNIDADE CURRICULAR 1 – ENFERMAGEM EM URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
    1-INSTALAÇÕES E EQUIPAMENTOS
    Classificação dos Serviços de Urgência (SU): Do espaço Físico aos Equipamentos

    • A evolução e as características gerais do SU
    • Equipamento técnico global num SU
    • Organização funcional da unidade de recepção doente: Sala de Emergência
    • Sistemas manuais e informatizados


    2-GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS

    • Quantificação e qualificação dos recursos humanos: o perfil do enfermeiro de Urgência; o papel das lideranças e motivação profissional; avaliação do desempenho;
    • O papel da enfermagem na coordenação e gestão dos auxiliares de acção médica
    • Formação contínua e Comunicação interpessoal – a gestão dos conflitos
    • Gestão de materiais e farmácia


    3-ASPECTOS ÉTICOS E BIOÉTICOS DA ENFERMAGEM NO SU

    • Aspectos históricos da ética e da moral.
    • Aspectos profissionais e deontologia.
    • DNR


    UNIDADE CURRICULAR 2 – INVESTIGAÇÃO
    1-OFICINA DE INVESTIGAÇÃO

    • Etapas do processo de investigação
    • Metodologias de investigação
    • Publicação de resultados


    UNIDADE CURRICULAR 3 – INTERDISCIPLINARIDADE NO CUIDAR EM URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
    1-FARMACOLOGIA NO SU

    2-SISTEMA DE EMERGÊNCIA MÉDICA

    • A resposta integrada do Sistema de Emergência Médica
    • A cadeia de emergência e a sua operacionalização
    • Emergência Pré-hospitalar
    • Protocolos de Actuação
    • Comunicações
    • Articulação pré e hospitalar


    3-PROTOCOLOS DE ACTUAÇÃO

    • Triagem de prioridades
    • Vias verdes
      • AVC
      • SCA


    UNIDADE CURRICULAR 4 – URGÊNCIAS E EMERGÊNCIAS MÉDICAS
    1-EMERGÊNCIAS CARDIOVASCULARES

    • AVC
    • HTA
    • SCA
    • Monitorização no SU
    • Disritmias periparagem
    • Ritmos de paragem


    2-EMERGÊNCIAS RESPIRATÓRIAS

    • Patologia respiratória urgente/emergente
    • Ventilação invasiva e não invasiva no SU


    3-EMERGÊNCIAS NEUROLÓGICAS

    • Patologia neurológica urgente/emergente não traumática


    4-EMERGÊNCIAS HEMATOLÓGICAS

    • Transfusão de hemoderivados no SU


    5-EMERGÊNCIAS NEONATAIS

    • Fisiopatologia neonatal
    • Urgências neonatais
    • Ventilação invasiva e não invasiva no recém-nascido
    • Reanimação neonatal
    • Algoritmo de Suporte Básico de Vida Neonatal
    • Acesso vascular: umbilical
    • Fluidoterapia e Farmacologia em Suporte Avançado de Vida Neonatal


    6-EMERGÊNCIAS OBSTÉTRICAS

    • Patologia Obstétrica urgente/emergente
    • Parto no Serviço de Urgência


    7-ASPECTOS PARTICULARES DO SU

    • Emergências psiquiátricas
    • Emergências endócrinas/metabólicas
    • Emergências urológicas
    • Intoxicações
    • Colheita de órgãos


    UNIDADE CURRICULAR 5 – URGÊNCIAS E EMERGÊNCIAS CIRÚRGICAS/TRAUMÁTICAS
    1-EMERGÊNCIAS CIRÚRGICAS

    • Urgências cirúrgicas não traumáticas
    • Doente queimado
    • Analgesia e controlo da dor


    2-GENERALIDADES EM TRAUMA

    • Epidemiologia do Trauma
    • Centros de Trauma
    • Cinemática do trauma e mecanismos de lesão
    • Classificação e índices de gravidade
    • Resposta fisiológica e patológica à lesão
    • Stress pós-traumático e reabilitação
    • Questões éticas e jurídico-forenses em trauma
    • Investigação básica e clínica


    3-PROTOCOLOS EM TRAUMA

    • TCE
    • Trauma vertebro-medular (TVM)
    • Trauma torácico
    • Trauma abdominal
    • Trauma músculo-esquelético
    • Trauma vascular (Choque)
    • Trauma térmico
    • Trauma na grávida
    • Trauma pediátrico
    • Trauma no idoso


    4-MOBILIZAÇÃO E IMOBILIZAÇÃO EM TRAUMA

    • Avaliação da cinemática de trauma e mecanismos de lesão
    • Manobras de auto-protecção e condições de segurança
    • Avaliação primária
    • Avaliação secundária
    • Imobilização da vítima de trauma
    • Imobilização da coluna cervical: colar cervical
    • Extracção do capacete
    • Estabilização do tórax e bacia
    • Imobilização das extremidades
    • Estabilização no plano duro, maca coquille e maca pluma
    • Ortostática em pé e sentado


    SEMINÁRIOS
    SEMINÁRIO I: TRANSPORTE DO DOENTE CRÍTICO

    • Transporte aéreo
    • Transporte terrestre
    • Transporte neonatal


    SEMINÁRIO II: IMAGIOLOGIA EM TRAUMA

    SEMINÁRIO III: TÉCNICAS INVASIVAS EM TRAUMA

    CURSOS INCLUIDOS
    CURSO ACLS (Advanced Cardiovascular Life Support)

    • Suporte básico de vida;
    • Via aérea avançada;
    • Paragem respiratória;
    • Monitorização e desfibrilhação;
    • Ritmos de paragem cardíaca;
    • Disritmias peri-paragem;
    • Acidente vascular cerebral;
    • Síndrome coronário agudo;
    • Casos clínicos.


    CURSO PEPP (Pediatric Education for Prehospital Professionals)

    • Triângulo de Avaliação em Pediatria;
    • Desenvolvimento Infantil;
    • Via Aérea Básica e Avançada;
    • Obstrução da Via Aérea;
    • Interacção Criança e Família;
    • Trauma Músculo-esquelético e Imobilização;
    • RCP Neonatal e Pediátrico;
    • Farmacologia em Pediatria e Administração de Fluidos;
    • Emergências Respiratórias;
    • Emergências Médicas;
    • Emergências Cardiovasculares;
    • Emergências Obstétricas e Estabilização do Recém-nascido;
    • Maus-tratos Infantis;
    • Crianças com Necessidades Especiais;
    • Exposição a Tóxicos;
    • Síndrome de Morte Súbita;


    CURSO GEMS (Geriatric Education for Emergency Medical Services)

    • Envelhecimento;
    • Comunicação com os idosos e com os seus cuidadores;
    • Emergências neurológicas e alteração do estado mental;
    • Emergências respiratórias e cardiovasculares;
    • Emergências farmacológicas e intoxicações medicamentosas;
    • Emergências psiquiátricas;
    • Abuso de idosos e negligência;
    • Conceitos sobre o fim de vida;
    • Trauma músculo-esquelético e imobilizações;
    • Promover a Qualidade de Vida;
    • Estações práticas;
    • Casos clínicos;


    CURSO DE EMERGÊNCIA NEONATAL PARA ENFERMEIROS

    • O Enfermeiro Neonatal;
    • A Transição de Feto para Neonato;
    • Recém-nascido: Características anatomo-fisiológicas;
    • Aspectos importantes na avaliação do recém-nascido;
    • Emergências Neonatais;
    • Prematuridade;
    • Malformações Congénitas;
    • Malformações Cardíacas;
    • Algoritmo Neonatal;
    • Ventilação no Neonato;
    • Medicação de Emergência;
    • Acessos Venosos;
    • Transporte do RN;
    • Casos Práticos;


    CURSO DE VENTILAÇÃO EM TRAUMA

    • Introdução à VNI
    • O que é a VNI / Modos ventilatórios
    • Equipamentos / Vantagens e desvantagens da VNI
    • Indicações e contra-indicações da VNI na insuficência respiratória aguda e crónica agudizada.
    • Ventilação não invasiva em trauma
    • Ventilação mecânica invasiva em trauma ( situações especiais).
    • Monitorização do doente com Ventilação mecânica invasiva/não invasiva Ponto de vista de enfermagem
    • Ventilação em Proon Position
    • Importância da permeabilidade das vias aéreas
    • Técnicas de aspiração de secreções e Cinesiterapia respiratória
    • Cough Assist
    • Logística essencial para utilização da VNI em doentes agudos
    • Aplicação do CPAP de BOUSSIGNAC na sala de emergência e em contexto pré-hospitalar.


    Bancas práticas
    1- Ventilação com ventilador não invasivo - (Vison e BIPAP VPAP TTT ST)
    Programação do ventilador e oxigenoterapia de acordo com a situação clínica.
    Monitorização necessária.
    2 - O que é um ventilador?
    Ventilação invasiva em Trauma- aplicação de casos clínicos
    3 - Protocolo para iniciar VNI
    Saber escolher a interface de acordo com a situação e características do paciente.
    Técnica de colocação e adaptação das máscaras de VMNI.
    CPAP de Boussignac.
    Aplicação da VMNI – casos clínicos
    4 - Cough Assist
    Exercícios de relaxamento e adaptação á VMNI
    Cinesiterapia Respiratória

    CURSO ABORDAGEM TRAUMA HOSPITALAR (CATH)

    • Avaliação do cenário/incidente
    • Precauções de Segurança Universais
    • Avaliação e abordagem inicial da vítima de trauma
    • Abordagem inicial da via aérea
    • Neurotrauma
    • Trauma Torácico
    • Trauma Abdominal
    • Choque e reposição de fluidos
    • Trauma das Extremidades
    • O grande queimado
    • Trauma Pediátrico
    • Trauma da Grávida
    • Trauma no Idoso
    • Vítimas de trauma sob a influência de álcool ou drogas
    • PCR em trauma
    • Estações práticas
    • Casos clínicos


    CURSOS OPCIONAIS
    TNCC (Trauma Nurse Core Course)

    CURSO ITLS (International Trauma Life Support)
     

    Destinatários

    Licenciados em Enfermagem
     

    Candidatura e selecção

    Inscrição/candidatura até 09-09-2011
    Análise curricular Académica e Profissional e ordem de inscrição.
     

    Número de vagas

    24
     

    Carga horária

    295 Horas (teóricas, teórico-práticas, cursos e seminários incluídos)
     

    Unidades de crédito (ECTS)

    34
     

    Critérios de aprovação

    O número de faltas não poderá exceder 20% da carga horária.
    Aprovação em todas as unidade curriculares, sendo condição de aproveitamento uma classificação igual ou superior a 50%.
    Aprovação no trabalho produzido na Unidade Curricular de Investigação.
     

    Duração e regime

    O Curso decorrerá de Setembro de 2011 a Outubro de 2012. As aulas decorrerão às sextas, das 18h00 às 22h00, aos sábados, das 09h00 às 13h00 e das 14h00 às 18h00 e aos Domingos das 9h-13h (uma vez por mês).
     

    Cronograma

    PROVISÓRIO
    Setembro de 2011 a Outubro de 2012
    O Cronograma poderá sofrer alterações por parte da Coordenação Pedagógica, sendo comunicado atempadamente.
     

    Corpo docente

    ENF. ANDRÉ CUNHA

    Enfermeiro do Serviço de Urgência do Hospital de Santa Maria da Feira. A frequentar o Curso Pós-Licenciatura em Enfermagem Médico-Cirúrgica. Coordenador do Núcleo GTE Norte. Instrutor Internacional dos cursos: First AID, CPR e AED, First Responder, GEMS, PEPP, PHTLS, ITLS e Gestão de Crise. Instutor Nacional dos cursos: SBV e DAE, AAPCR e CETC.

    ENFA. CARMÉN NOIVO

    Enfermeira do Serviço de Urgência do Centro Hospitalar de Caldas da Rainha. Curso Pós-licenciatura em Enfermagem Médico-Cirúrgica. Pós-Graduação em Urgência/Emergência. Comissão Científica GTE. Instrutora Internacional dos cursos: First Aid, CPR e AED, First Responder, GEMS, PEPP, PHTLS, ITLS e Gestão de Crise. Instrutora Nacional dos Cursos: SBV e DAE, AAPCR e CETC.

    ENF. EDGAR JACINTO

    Enfermeiro do Serviço de Urgência do Hospital de Tomar - Centro Hospitalar do Médio Tejo. Responsável pela Formação em Serviço. Coordenador do Núcleo GTE Centro. Instrutor Internacional dos cursos: First Aid, CPR e AED, First Responder, GEMS, PEPP, ITLS e Gestão de Crise. Instrutor Nacional dos cursos: SBV e DAE, AAPCR e CETC.

    DR. FRANCISCO ESTEVES

    Licenciado em medicina. Assistente Graduado de Medicina Interna. Director da Unidade de Cuidados Intensivos do Centro Hospitalar de Vila Real/Peso da Régua, EPE. Coordenação Médica GTE.

    ENF. FERNANDO GONÇALVES

    Enfermeiro no Serviço de Urgência Geral e VMER do Hospital de São Marcos – Braga; Coordenador Regional GTE; Instrutor Internacional dos cursos: First Aid, CPR e AED, Firs Responder, GEMS, PEPP, AMLS, ITLS, Gestão de Crise e Incident Comand System (ICS); Instrutor Nacional dos cursos: SBV e DAE, AAPCR e CETC.

    ENFA. GRACIETE FAUSTINO

    Enfermeira da Unidade de Cuidados Intensivos e VMER do Centro Hospitalar de Vila Real/Peso da Régua, EPE. Curso Pós-licenciatura em Enfermagem Médico-Cirúrgica. Coordenadora do Núcleo GTE - Vila Real de Trás-os-Montes. Instutora Internacional dos cursos: First Aid, CPR e AED, First Responder, GEMS, PEPP, ITLS e Gestão de Crise. Instrutor Nacional dos cursos: SBV e DAE, AAPCR e CETC.

    ENF. JOÃO SOUSA

    Enfermeiro Militar e do Serviço de Urgência do Centro Hospitalar de Torres Vedras. Coordenador Geral GTE. Instrutor Internacional dos cursos: First Aid, CPR e AED, First Responder, GEMS, PEPP, ITLS e Gestão de Crise. Instrutor Nacional dos cursos: SBV e DAE, AAPCR e CETC.

    ENF. MARCO PIEDADE

    Enfermeiro do Serviço de Urgência e VMER do Hospital Distrital de Faro. Coordenador do Núcleo GTE Sul. Instrutor Internacional dos cursos: First Aid, CPR e AED, First Responder, GEMS, PEPP, PHTLS, ITLS e Gestão de Crise. Instrutor Nacional dos cursos: SBV e DAE, AAPCR e CETC.

    ENF. WILSON MIGUEL SANTOS

    Enfermeiro no Serviço de Obstetrícia/Ginecologia e VMER do Centro Hospitalar de Caldas da Rainha. Curso Pós-Licenciatura em Enfermagem de Saúde Materna e Obstetrícia. Pós-Graduação em Urgência/Emergência. Coordenador Geral GTE. Instrutor Internacional dos cursos: First Aid, CPR e AED, Firs Responder, GEMS, PEPP, PHTLS, ITLS e Gestão de Crise. Instrutor Nacional dos cursos: SBV e DAE, AAPCR e CETC.

    DR. ESTÊVÃO LAFUENTE

    Médico Intensivista e Director da UCI do HVS; Instrutor de ALS e Formador Acreditado pelo Conselho Europeu de Ressuscitação.

    DR. RICARDO PEREIRA

    Cirurgião Geral do Hospital S. Marcos, Braga e Coordenador do grupo ATLS da
    região Norte

    PROF. DOUTOR JORGE BRANDÃO PROENÇA

    Licenciado em Farmácia pela Universidade do Porto. Doutorado em Farmacologia pela Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto.Especialista em Análises Clínicas pela Ordem dos Farmacêuticos. Director do ISCS -N. Regente da disciplina de Farmacologia do ISCS-N e IPSN.

    DRA. PRATIMA ISVARLAL

    Médica Imunohemoterapeuta no Hospital Padre Américo - Vale do Sousa

    DRA. CARLA DAMAS

    Pneumologista do Hospital S. João e Docente da CESPU

    PROFA. DOUTORA ISABEL ARAÚJO

    Docente do IPSN-ESSVA. Mestre em Educação: Especialidade Educação para Saúde. Enfermeira Especialista em Enfermagem Médico-cirúrgica. Doutorada em Ciências de Enfermagem - Universidade do Porto. Directora/ Coordenadora Departamento Enfermagem ESSVA.

    DRA. CLARA PAZ DIAS

    Licenciada em Medicina. Especialidade de Pediatria no Serviço de Neonatologia do Centro Hospitalar do Alto Ave (CHAA).

    ENFA. ANA LUÍSA BASTOS

    Enfermeira Especialista em Saúde Infantil e Pediátrica. Pós Graduação em Gestão da Qualidade e Auditoria em Saúde. Enf.ª Chefe do CHAA.

    MESTRE CLARA SIMÕES

    Enfermeira Especialista em Médico Cirúrgica. Docente - Departamento de Enfermagem - ESSVA. Mestre em Bioética. Doutoranda pela Universidade Católica Portuguesa.

Outro curso relacionado com Ciências Médicas

Utilizamos cookies para melhorar nossos serviços. Se continuar navegando, consideramos que aceita o seu uso. Ver mais  |