Home > Pós-graduação > Gestão da Arte > Porto - Cidade > Pós-Graduação em Gestão de Actividades Artísticas, Culturais e Educativas - Porto - Cidade - Porto

Pós-Graduação em Gestão de Actividades Artísticas, Culturais e Educativas

Solicite informação sem compromisso ESEPF - Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti

Para enviar a solicitaçao, você deve aceitar a Política de Privacidade

Comentários sobre Pós-Graduação em Gestão de Actividades Artísticas, Culturais e Educativas - Presencial - Porto - Cidade - Porto

  • Objectivos
    Especializar, através de uma formação desenhada para o efeito, licenciados ou bacharéis, em qualquer área, dando preferência aos de Educação e Artes, para a concepção, coordenação, execução, promoção e divulgação de actividades artísticas e culturais, numa dimensão educativa e/ou em contextos com finalidades educativas.
    Proporcionar uma formação específica a profissionais que já se encontrem no terreno e que têm vindo a construir empiricamente o seu perfil funcional, mas sentindo, com a acção, necessidades de qualificação avançada.
    Instituir um perfil funcional de auto-empregabilidade ligada à criação de micro-empresas e/ou à prestação de serviços em regime liberal às instituições deste sector produtivo.
  • Dirigido a
    Bacharéis ou licenciados pelas instituições de ensino superior, portuguesas ou estrangeiras, em áreas artísticas ou no campo da história e teoria da arte, bem como nas áreas das ciências da educação e das ciências sociais. Podem ainda frequentá-la técnicos superiores de museus e outros profissionais que trabalhem na indústria da cultura e das artes, com currículo relevante.
  • Titulação
    Especialista em Gestão de Actividades Artísticas, Culturais e Educativas
  • Conteúdo
    Apresentação

    A constatação de que a maioria dos países da União Europeia se encontra a despertar para a realidade da afirmação económica e social das indústrias da cultura, da arte e do lazer, no sentido da criação de elos sociais entre os criadores, a formação artística, as instituições museológicas e performativas e os públicos, está hoje intimamente ligada à necessidade de formar profissionais com perfis adequados em que os pontos comuns são, visivelmente, a formação artística e cultural para a prática de animação e intervenção e a formação instrumental em gestão, com especialidades decorrentes das actividades a considerar, mas com bases teóricas genéricas que visam o desenvolvimento de capacidades de empregabilidade liberal e auto-empregabilidade e que, por isso, reforçam as competências de autonomia traduzidas no perfil do gestor e coordenador de organizações e actividades.

Outro curso relacionado com Gestão da Arte

Utilizamos cookies para melhorar nossos serviços. Se continuar navegando, consideramos que aceita o seu uso. Ver mais  |