Home > Licenciatura > Arte > Lisboa - Cidade > Licenciatura em Artes Decorativas - Lisboa - Cidade - Lisboa

Licenciatura em Artes Decorativas

Solicite informação sem compromisso ESAD - Escola Superior de Artes Decorativas

Para enviar a solicitaçao, você deve aceitar a Política de Privacidade

Comentários sobre Licenciatura em Artes Decorativas - Presencial - Lisboa - Cidade - Lisboa

  • Conteúdo
    Licenciatura em Artes Decorativas


    A actual Licenciatura em Artes Decorativas da ESAD estrutura-se em três ramos de especialização - Design de Interiores, Design de Mobiliário e Património em Artes Decorativas Portuguesas. Os dois ramos de Design de Interiores e Património em Artes Decorativas Portuguesas resultam da adequação da Licenciatura Bietápica em Artes Decorativas às novas regras decorrentes do Processo de Bolonha (conforme Despacho nº 2314/2007, de 23 de Janeiro, publicado no Diário da República, 2ª série, nº 31, de 13 de Fevereiro de 2007 e registado com o número R/B-AD-16/2007, com alterações introduzidas pelo Aviso nº 8364/2009). O ramo de Design de Mobiliário foi recentemente aprovado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

    O aluno licenciado em Artes Decorativas da ESAD, após completar o conjunto de créditos deste primeiro ciclo de estudos (180 ECTS*), é um profissional com capacidades e competências específicas na área do Design de Interiores, do Design de Mobiliário e do Património em Artes Decorativas Portuguesas, consoante o ramo por que optar.

    *ECTS (European Credit Transfer System) – o total de número de horas previsto na preparação de uma disciplina engloba: tempo dispendido na assistência a aulas, estudo, prática oficinal de projecto, trabalho em laboratório, preparação para exames, etc. Na ESAD, um crédito ECTS corresponde a 25 horas de trabalho.

    O curso compreende disciplinas de carácter teórico-prático ("História da Arte", "História e Tecnologia das Artes Decorativas", "História e Tecnologia do Mobiliário", "Design", etc.) e prático ("Projecto de Arquitectura de Interiores", "Projecto de Mobiliário," "Projecto Expositivo", "Desenho de Representação", "Desenho Técnico", "Informática", etc.), com diferentes incidências, segundo os ramos de especialização.

    No novo ciclo de estudos foi introduzida uma maior sensibilização às questões da Cultura e do Património em Artes Decorativas Portuguesas, através da criação de unidades curriculares específicas: "Cultura e Património" (comum aos dois ramos da licenciatura) e "Interpretação do Património e Organização dos Espaços Culturais" (no ramo de Património, embora funcionando como optativas para os ramos de Design de Interiores e Design de Mobiliário).

    A nova licenciatura oferece também uma inovadora componente oficinal, durante os dois primeiros anos da licenciatura, nas unidades curriculares de "Introdução às Práticas Oficinais", "Projecto Oficinal", "Oficina de Pintura", "Oficina de Marcenaria" e "Oficina de Talha". O ramo de Design de Mobiliário contempla quatro semestres de Oficinas de Mobiliário, que funcionam em paralelo com as unidades curriculares de Projecto de Mobiliário.

    No terceiro ano da licenciatura, os seminários de cariz profissionalizante asseguram uma formação orientada para as três áreas de especialização:

    • em Design de Interiores: "Sistemas Técnicos de Infra-estruturas", "Direcção de Obra e a Prática Profissional" e "Seminários de Arquitectura Efémera e Cenografia";
    • em Design de Mobiliário: “Materiais e Técnicas de Construção em Mobiliário”, “Laboratório Digital de Mobiliário”, “Ergonomia” e “Peritagem em Mobiliário”;
    • em Património em Artes Decorativas Portuguesas: "Interpretação do Património", "Organização dos Espaços Culturais" e "Seminários de Investigação e Inventariação".

Outro curso relacionado com Arte

Utilizamos cookies para melhorar nossos serviços. Se continuar navegando, consideramos que aceita o seu uso. Ver mais  |