Home > Mestrado > Relações Públicas > Covilhã > Mestrado em Comunicação Estratégica: Publicidade e Relações Públicas - Covilhã - Castelo Branco

Mestrado em Comunicação Estratégica: Publicidade e Relações Públicas

Solicite informação sem compromisso UBI - Universidade da Beira Interior

Para enviar a solicitaçao, você deve aceitar a Política de Privacidade

Comentários sobre Mestrado em Comunicação Estratégica: Publicidade e Relações Públicas - Presencial - Covilhã - Castelo Branco

  • Objectivos
    O Mestrado em Comunicação Estratégica da Universidade da Beira Interior tem por finalidade dotar os seus graduados de competências gerais, comuns a qualquer detentor do grau de mestre; e ainda de competências específicas, comuns aos detentores de um Mestrado em Comunicação Estratégica no espaço europeu. No âmbito das competências gerais do mestre, pretende-se que os graduados possuam conhecimentos e capacidade de compreensão, na sua área científica e de exercício profissional, a um nível que: 1. Sustentando-se nos conhecimentos obtidos ao nível do 1.º ciclo, os desenvolva e aprofunde; 2. Permitam e constituam a base de desenvolvimentos e/ou aplicações originais, em muitos casos em contexto de investigação; 3. Saibam aplicar os seus conhecimentos e a sua capacidade de compreensão e de resolução de problemas em situações novas e não familiares, em contextos alargados e multidisciplinares, ainda que relacionados com a sua área de estudo 4. Possuam capacidade para integrar conhecimentos, lidar com questões complexas, desenvolver soluções ou emitir juízos em situações de informação limitada ou incompleta, incluindo reflexões sobre as implicações e responsabilidades éticas e sociais que resultem dessas soluções e desses juízos ou os condicionem; 5. Sejam capazes de comunicar as suas conclusões, e os conhecimentos e raciocínios a elas subjacentes, quer a especialistas, quer a não especialistas. 6. Possuam competências que lhes permitam uma aprendizagem ao longo da vida, de um modo fundamentalmente auto-orientado e autónomo. No âmbito das aptidões específicas que o curso confere aos seus graduados, contam-se: 1. Competência humanística e cultural no âmbito das Ciências Sociais e Humanas, que proporcione uma compreensão profunda dos fenómenos sociais, políticos e do âmbito das relações humanas, pois a actividade de comunicação estratégica é de elevada responsabilidade social, exigindo constantemente a tomada de decisões informadas e fundamentadas; 2. Competência comunicacional, proporcionada pelas disciplinas de formação na área das Ciências da Comunicação; 3. Competência profissional, que implica o domínio das formas de expressão próprias de cada media, do planeamento e gestão de informação, e bem assim como das funções básicas do exercício da publicidade e relações públicas; 4. O graduado em Comunicação Estratégica deverá reunir competências que possibilitem o planeamento estratégico de Marketing, Comunicação Organizacional, Publicidade e Relações Públicas, e que exigem, entre outras qualidades: elevadas capacidades de expressão comunicacional; iniciativa; criatividade; capacidade de análise crítica; capacidade de estabelecimento de prioridades; de funcionamento em equipa e de liderança; estabelecimento de boas relações interpessoais e empatia; capacidade de gestão de recursos operacionais e de tempo; capacidade de argumentação e negociação no sentido da obtenção de consensos; capacidade de análise de media; conhecimentos das regras de protocolo; aptidão para definir estratégias de comunicação; aptidão para gerir equipas e projectos; domínio de técnicas de apresentação; capacidade de interpretar dados de estudos e relatórios produzidos no âmbito das Ciências Sociais; conhecimentos de psicologia; de retórica; e capacidade de argumentação e persuasão. 5. Competência tecnológica, implicando o domínio das novas tecnologias da informação, e de ferramentas informáticas próprias da sua área de intervenção. Esta competência tecnológica exprime-se não só pela familiaridade no emprego dos novos meios técnicos, mas também na capacidade de aprendizagem ao longo da vida, que inclui a adaptação, com elevado grau de autonomia, às mutações técnicas que necessariamente surgirão ao longo das suas carreiras. 6. Capacidade de adaptação a formas de expressão adequadas às especificidades dos diferentes meios de comunicação através dos quais são veiculadas as mensagens da comunicação estratégica. 7. Domínio das técnicas de pesquisa adaptadas ao exercício da comunicação estratégica - desde a elaboração de entrevistas e inquéritos à interpretação de sondagens de opinião - e de justificação e fundamentação do emprego adequado de tais técnicas.
  • Titulação
    Mestre em Comunicação Estratégica: Publicidade e Relações Públicas
  • Conteúdo

    Plano de Estudos

    1º Ano | 1º Semestre
    Opção Têxtil
    Atelier de Tecelagem
    CAD Têxtil
    Design de Tecidos
    Gestão de Produto Têxtil
    História da Moda Contemporânea
    Opção Vestuário
    Atelier de Confecção I
    CAD de Vestuário
    História da Moda Contemporânea
    Modelagem I
    Projecto de Vestuário I

     

    1º Ano | 2º Semestre
    Opção Têxtil
    Atelier de Estamparia
    Colecções Têxteis
    Design de Malhas
    Marketing de Moda
    Materiais Têxteis Tecnológicos
    Opção Vestuário
    Atelier de Confecção II
    Marketing de Moda
    Materiais Têxteis Tecnológicos
    Modelagem II
    Projecto de Vestuário II

    2º Ano | 1º Semestre
    Opção Têxtil
    Projecto Têxtil
    Concepção de Estruturas Têxteis
    Atelier de Enobrecimento
    Dissertação de Design de Moda
    Opção Vestuário
    Projecto de Vestuário III
    Atelier de Vestuário
    Teoria e Critica da Moda
    Dissertação de Design de Moda

    2º Ano | 2º Semestre
    Opção Têxtil e Opção Vestuário
    Dissertação de Design de Moda

Outro curso relacionado com Relações Públicas

Utilizamos cookies para melhorar nossos serviços. Se continuar navegando, consideramos que aceita o seu uso. Ver mais  |