Home > Licenciatura > Estudos Europeus > Lisboa - Cidade > Licenciatura em Estudos Europeus - Lisboa - Cidade - Lisboa

Licenciatura em Estudos Europeus

Solicite informação sem compromisso ULL - Universidade Lusíada de Lisboa

Para enviar a solicitaçao, você deve aceitar a Política de Privacidade

Comentários sobre Licenciatura em Estudos Europeus - Presencial - Lisboa - Cidade - Lisboa

  • Objectivos
    A graduação em Estudos Europeus da Universidade Lusíada de Lisboa mostra-se adaptada ao Processo de Bolonha. Esta licenciatura apresenta-se como um curso pluridisciplinar com base na História, na História da Arte, na Ciência Política, nas Relações Internacionais, na Economia, no Direito e nas línguas estrangeiras. As cadeiras de História tratam do passado comum dos povos europeus, passado este feito de lutas incessantes, mas também de grandes realizações, nos domínios da arte, da literatura, da música, da filosofia, do direito, da missionação, da navegação marítima, da ciência e da tecnologia. Este passado comum é o principal alicerce sobre o qual assenta a comunidade política que os Estados europeus se esforçam por constituir. As cadeiras de História da Arte traçam os grandes movimentos artísticos que, nos domínios da arquitectura, da escultura e da pintura, atravessaram toda a Europa e que, hoje, não obstante as destruições provocadas pelas guerras, caracterizam a civilização europeia, a distinguem e a diferenciam de outras civilizações. As cadeiras de Ciência Política e de Relações Internacionais ajudarão a melhor dimensionar as questões de natureza política, económica, social e de segurança que a União Europeia e cada um dos seus Estados-membros enfrentam, nas relações intra e extra europeia. Elas ajudarão a melhor compreender os avanços e os recuos feitos no sentido de uma verdadeira integração política, assim como os problemas que se colocam com o alargamento. As cadeiras de Economia darão a dimensão económica da Europa. Apesar dos esforços feitos e em curso para a constituição de uma verdadeira unidade política, o certo é que a União Europeia é ainda e só uma realidade económica. Torna-se, assim, necessário conhecer, quer a nível dos Estados, quer a nível das empresas ou do simples cidadão, as políticas económicas adoptadas, em Bruxelas, pela Comissão e, nas cimeiras, pelos líderes políticos. As cadeiras de Direito impõem-se dado que a União Europeia é, também, uma entidade jurídica e dotada de uma extensa legislação, legislação essa que prevalece sobre o Direito dos Estados-membros. Finalmente, dada a diversidade linguística da União Europeia, o curso contempla o estudo de uma ou mais línguas.
  • Dirigido a
    Saídas Profissionais: * - Agentes Político-Partidários; * - Carreira Diplomática; * - Carreira diplomática; * - Carreira universitária e de investigação. * - Comunicação social; * - Empresas nacionais e grupos económicos multinacionais; * - Empresas privadas e públicas; * - Ensino; * - Instituições comunitárias; * - Intervenção e resolução de conflitos da vida internacional; * - Organismo estatais; * - Organismos de cooperação e desenvolvimento; * - Organismos de cooperação e desenvolvimento; * - Organismos descentralizados da União Europeia; * - Organismos nacionais da administração pública central, regional e local; * - Organizações internacionais; * - Organizações não governamentais; * - Organizações não governamentais; * - Órgãos comunitários; * - Quadros das Instituições Europeias e Internacionais;
  • Titulação
    Licenciatura em Estudos Europeus
  • Conteúdo
    Saídas Profissionais
    • - Agentes Político-Partidários;
    • - Carreira Diplomática;
    • - Carreira diplomática;
    • - Carreira universitária e de investigação.
    • - Comunicação social;
    • - Empresas nacionais e grupos económicos multinacionais;
    • - Empresas privadas e públicas;
    • - Ensino;
    • - Instituições comunitárias;
    • - Intervenção e resolução de conflitos da vida internacional;
    • - Organismo estatais;
    • - Organismos de cooperação e desenvolvimento;
    • - Organismos de cooperação e desenvolvimento;
    • - Organismos descentralizados da União Europeia;
    • - Organismos nacionais da administração pública central, regional e local;
    • - Organizações internacionais;
    • - Organizações não governamentais;
    • - Organizações não governamentais;
    • - Órgãos comunitários;
    • - Quadros das Instituições Europeias e Internacionais;

Outro curso relacionado com Estudos Europeus

Utilizamos cookies para melhorar nossos serviços. Se continuar navegando, consideramos que aceita o seu uso. Ver mais  |