Home > Licenciatura > Engenharia Química > Lisboa - Cidade > Mestrado Integrado em Engenharia Química e Bioquímica - Lisboa - Cidade - Lisboa

Mestrado Integrado em Engenharia Química e Bioquímica

Solicite informação sem compromisso UNL - Universidade Nova de Lisboa

Para enviar a solicitaçao, você deve aceitar a Política de Privacidade

Comentários sobre Mestrado Integrado em Engenharia Química e Bioquímica - Presencial - Lisboa - Cidade - Lisboa

  • Objectivos
    A componente de 2º ciclo do Mestrado Integrado em Engenharia Química e Bioquímica forma Engenheiros Químicos/Engenheiros Bioquímicos vocacionados para as áreas de inovação mais recentes neste domínio: Tecnologias Sustentáveis, Química Verde e Biotecnologia.

    Os estudantes serão acolhidos no centro de excelência em Química Verde num ambiente de elevada qualificação científica, com reconhecimento internacional. O IBET, a maior plataforma portuguesa de colaboração universidade/indústria na área da Biotecnologia, será também um parceiro associado ao Mestrado.

    Nos dois anos os alunos complementam, aprofundam e integram as competências anteriormente desenvolvidas. O leque de opções possibilita a obtenção de uma formação complementar em áreas de bioprocessos, ambiente, materiais e gestão industrial.

    No último semestre os alunos realizam um estágio profissional em empresas do sector ou um trabalho científico original em centros de I&D, nacionais ou europeus (SÓCRATES/ERASMUS) conducente à dissertação de mestrado.
  • Titulação
    Mestre em Engenharia Química e Bioquímica.
  • Conteúdo
    Saídas Profissionais
    O Mestrado Integrado em Engenharia Química e Bioquímica forma engenheiros com um perfil de nível internacional numa área em que a Europa é potência dominante – a Química é o único sector industrial europeu que supera o americano e o japonês.

    A Indústria Química assegura 6% do volume de emprego europeu e os produtos desta indústria fazem parte da vida quotidiana. Por outro lado, a biotecnologia moderna é um sector industrial em acelerada expansão. O futuro destas indústrias está baseado na inovação e qualificação dos recursos humanos.

    A principal preocupação destas indústrias é a previsível falta de engenheiros altamente qualificados, num futuro próximo. Os Engenheiros Químicos / Engenheiros Bioquímicos da FCT encontrarão um mercado de trabalho europeu muito receptivo às suas qualificações.

    A versatilidade de formação de Engenheiro Bioquímico, adicionada à tradicional de Engenharia Química, já por si extremamente flexível, proporcionará aos novos engenheiros saídas profissionais em variados sectores tanto industriais como de serviços, e abrangendo áreas desde investigação e desenvolvimento tecnológico, o projecto industrial e a produção até ao controlo de qualidade, regulamentação ambiental, a gestão e serviços comerciais.

Outro curso relacionado com Engenharia Química

Utilizamos cookies para melhorar nossos serviços. Se continuar navegando, consideramos que aceita o seu uso. Ver mais  |