Home > Licenciatura > Engenharia Química > Porto - Cidade > Mestrado Integrado em Engenharia Química - Porto - Cidade - Porto

Mestrado Integrado em Engenharia Química

Solicite informação sem compromisso Universidade do Porto - FEUP - Faculdade de Engenharia

Para enviar a solicitaçao, você deve aceitar a Política de Privacidade

Comentários sobre Mestrado Integrado em Engenharia Química - Presencial - Porto - Cidade - Porto

  • Objectivos
    No âmbito da reforma do sistema do ensino superior nacional, decorrente do Processo de Bolonha, a FEUP passa a oferecer a partir de 2006/2007 o Mestrado Integrado em Engenharia Química (MIEQ), grau académico que conferirá aos formandos competências profissionais de Segundo Ciclo na área da engenharia química e afins.

    Esta oferta de formação é assegurada principalmente pelo Departamento de Engenharia Química e corresponde no essencial a uma reformulação e adequação da sua quase centenária licenciatura em engenharia química, assegurando novas valências e métodos de trabalho em total consonância com a evolução do ensino e aprendizagem que se observa hoje nas melhores escolas europeias.
  • Titulação
    * Mestrado em Engenharia Química * Licenciatura em Ciências de Engenharia - orientação em Engenharia Química.
  • Conteúdo
    MIEQ – graus académicosO MIEQ confere o grau de Segundo Ciclo Mestrado em Engenharia Química, correspondente a 5 anos acumulados (300 ECTS) de estudos;Estando desenhado com base nas concepções de mestrado integrado, a sua estrutura conduz nos termos da lei à atribuição de um grau de primeiro ciclo ao fim de 180 ECTS, designado como Licenciatura em Ciências da Engenharia – Orientação de Engenharia Química.MIEQ - competências profissionaisNo plano das competências o objectivo fundamental do MIEQ é a preparação dos alunos para que possam iniciar, após a conclusão do curso, uma carreira profissional de actividade prática ou de investigação, com os mais altos níveis de qualidade, na aplicação das ciências e técnicas respeitantes ao ramo da engenharia química e afins nas actividades de investigação, concepção, estudo, projecto, fabrico, construção, produção, fiscalização e controlo de qualidade, incluindo a coordenação e gestão dessas actividades e outras com elas relacionadas.Devem os alunos graduados com o Mestrado Integrado em Engenharia Química estar preparados para assumir imediatamente posições profissionais como Engenheiros Químicos nas suas várias áreas de potencial intervenção, seja em Portugal, nomeadamente em empresas industriais, em empresas de serviços, em gabinetes de projecto, em serviços municipais e em agências governamentais, seja no estrangeiro em funções compatíveis.MIEQ - áreas de intervenção industrialA disciplina de engenharia química tem a sua origem nas indústrias dos químicos inorgânicos de base e nas indústrias de refinação de petróleo e de produção de produtos da petroquímica, mas hoje, com os desenvolvimentos tecnológicos e metodológicos proporcionados pela ciência da engenharia química, tem participação decisiva numa vasta variedade de produção e desenvolvimento de produtos tais como 1) produtos químicos inorgânicos (gases industriais, álcalis e cloro, ácido sulfúrico, ácido fosfórico, amoníaco e seus derivados inorgânicos, água oxigenada, silicatos solúveis, óxidos e massas para esmaltes e tratamento de superfícies, explosivos); 2) produtos químicos orgânicos (produtos orgânicos de base, intermediários e derivados orgânicos); 3) adubos; 4) agro-químicos e agentes de protecção de plantas; 5) resinas sintéticas e plásticos; 6) fibras artificiais e sintéticas; 7) elastómeros e artefactos de borracha; 8) produtos farmacêuticos; 9) resinosos; 10) tintas e vernizes; 11) tensioactivos, sabões e detergentes; 12) colas, adesivos e mastiques; 13) óleos essenciais, perfumes e cosméticos; e 14) óleos e gorduras não alimentares; e adicionalmente participação activa em indústrias como 15) indústria de celulose e papel; 17) indústria do ambiente; 18) indústria têxtil, 19) indústria agro-alimentar; 20) indústria do vidro e, 21) indústria cerâmica.Complementarmente, o Engenheiro Químico deverá intervir em áreas onde os fenómenos que controla são relevantes, nomeadamente, e de uma forma não exaustiva: no tratamento de efluentes industriais ou domésticos; no tratamento de águas; na prevenção da corrosão; na produção e gestão da energia; nos equipamentos de queima; nas redes de gás; na segurança industrial; na segurança dos transportes de produtos.MIEQ - saídas profissionaisAs saídas profissionais dos Mestres em Engenharia Química pela FEUP incluem um largo leque de oportunidades, nomeadamente através do ingresso na indústria, na investigação, em actividade técnico-comercial ou na docência a nível de ensino técnico ou de ensino secundário.Nas áreas de potencial intervenção identificadas acima a actividade funcional propriamente dita pode ocorrer tanto a nível de apoio à operação industrial, incluindo monitorização e controlo de processo, como a nível de gestão de produção, incluindo programação de operação e controlo de qualidade, como ainda em projecto e inovação industrial.Caracterização do MIEQ – valências orientadoras da reformaO MIEQ foi desenhado, tendo como referência o assegurar de três valências estratégicas principais:Prestígio e Qualidade – Manter e acentuar o estatuto de curso de referência a nível nacional, dentro do novo paradigma de desenvolvimento.Empregabilidade – Proporcionar um perfil do curso que contribua para uma elevada taxa de empregabilidade dos alunos.Internacionalização – Fortalecer o prestígio do curso a nível externo, preparando o curso para colaboração internacional, nomeadamente no sentido de aumentar a procura por parte de estudantes estrangeiros.Caracterização do MIEQ – perfil formativoNo plano formativo, ao longo do seu período de aprendizagem os alunos desenvolverão e absorverão de forma crescente,:Uma compreensão da natureza e dimensão das indústrias transformadoras com associação íntima à engenharia química;Uma compreensão dos fenómenos e dos princípios físicos, químicos e biológicos e sua aplicação à análise de processos;Uma metodologia sistemática para organização de informação e resolução de problemas essenciais ou de complexidade crescente em engenharia química;Uma percepção dos métodos de concepção, projecto, implementação, e operação de sistemas na empresa e no contexto social, com todas as implicações daí de correntes.Noutra perspectiva, mais global, o perfil formativo do MIEQ caracteriza-se por:Corresponder a um perfil de formação designado a nível europeu como de ‘orientação mais teórica’;Obedecer aos padrões europeus de acreditação de segundo ciclo que estão à presente data em consolidação europeia (Projecto EUR-ACE), respeitando igualmente as recomendações da Federação Europeia de Engenharia Química sobre conteúdos mínimos para formações de mestrado;Nesse enquadramento europeu, desenvolver nos alunos os necessários conhecimentos técnicos, de aptidões pessoais e profissionais, de aptidões interpessoais e de aptidões de concepção, projecto, implementação e operação de sistemas, desta forma assegurando mobilidade institucional aos seus formandos.Caracterização do MIEQ – conteúdosComo se pode apreciar nos planos de estudos o MIEQ:Adopta um perfil de Ciência da Engenharia Química, proporcionando uma forte formação de base em Matemática, Química, Física, Ciências Biológicas e Ciências da Engenharia Química;Acentua simultaneamente a cultura geral (prática) de engenharia, através de uma renovada perspectiva pedagógica, nomeadamente com reforço da prática laboratorial e da actividade de projecto de engenharia;Reforça a aprendizagem em temas tão relevantes como sustentabilidade, higiene e segurança industrial, análise de riscos e ética e deontologia profissionais;Desenvolve a capacidade individual metodológica de trabalho através do projecto e dissertação finais;Oferece uma formação complementar temática, opcionalmente em Energia, Ambiente, Bioengenharia, Informática Industrial, Materiais Poliméricos e Engenharia Têxtil.Oferece a oportunidade de estudos de tópicos complementares em opções livres com a dimensão de 12 ECTS.

Outro curso relacionado com Engenharia Química

Utilizamos cookies para melhorar nossos serviços. Se continuar navegando, consideramos que aceita o seu uso. Ver mais  |