Home > Licenciatura > Engenharia > Porto - Cidade > Licenciatura em Ciências de Engenharia - Engenharia de Minas e Geo-Ambiente - Porto - Cidade - Porto

Licenciatura em Ciências de Engenharia - Engenharia de Minas e Geo-Ambiente

Solicite informação sem compromisso Universidade do Porto - FEUP - Faculdade de Engenharia

Para enviar a solicitaçao, você deve aceitar a Política de Privacidade

Comentários sobre Licenciatura em Ciências de Engenharia - Engenharia de Minas e Geo-Ambiente - Presencial - Porto - Cidade - Porto

  • Objectivos
    O curso de Licenciatura em Ciências de Engenharia - Engenharia de Minas e Geo-Ambiente (LCE-EMG) disponibiliza formação ao nível de 1º ciclo na área da engenharia dos Georrecursos e do Geoambiente – exploração de águas, minas e pedreiras, abertura de túneis, recuperação de sítios contaminados, prospecção geofísica. Saídas profissionais: Actividade supervisionada em laboratórios de controlo de qualidade (pedreiras, águas minerais, laboratórios do Estado, etc.), em empresas de consultoria em engenharia civil ou em engenharia de minas, gabinetes de estudos de geologia, etc.
  • Titulação
    Licenciatura em Ciências de Engenharia - Engenharia de Minas e Geo-Ambiente
  • Conteúdo
    Os licenciados em Ciências de Engenharia - Engenharia de Minas e Geo-Ambiente (LCE-EMG) serão
    capazes de preencher os seguintes requisitos genéricos:
    a) Possuir conhecimentos e capacidade de compreensão na área dos georrecursos

    b) Saber aplicar profissionalmente os seus conhecimentos e a capacidade de compreensão dos georrecursos;

    c) Ser capaz de resolver problemas na sua área de formação;

    d) Ser capaz de recolher, seleccionar e interpretar a informação relevante, e de analisar os aspectos sociais, científicos e éticos relevantes;

    e) Ser capaz de comunicar as suas ideias e soluções;

    f) Ser capaz de aprender ao longo da vida.

    A sua área de intervenção é a descoberta, exploração e valorização dos recursos minerais, em acordo com regras de respeito pelo ambiente e de sustentabilidade. Inclui a exploração de minas e pedreiras, o tratamento de minérios, a prospecção geofísica, a exploração de petróleo, a exploração de energia geotérmica, a recuperação de sítios contaminados, a exploração de àguas.

     A licenciatura disponibiliza em primeiro lugar uma sólida formação científica básica, nos domínios da Matemática, Química, Física, Estatística, Gestão, Desenho, Computação, Programação. As disciplinas das Ciências da Terra – Geologia, Mineralogia, Petrologia, Metalogénese, Ciências da Terra permitem a compreensão dos fenómenos que estão na origem dos recursos cuja exploração a engenharia de minas enquadra, ao mesmo tempo que permitem criar uma sensibilidade para os problemas ambientais decorrentes da actividade humana. Em seguida surge alguma especialização na área das Ciências de Engenharia aplicada aos Georrecursos: Topografia, Caracterização de Materiais, Mecânica Aplicada, Prospecção Exploração e Beneficiação de Georecursos.
    A licenciatura está organizada no sentido de permitir a continuação de estudos no Mestrado em Engenharia de Minas e Geoambiente (MEMG) e a mobilidade dos estudantes no fim do primeiro ciclo, quer para outros cursos de engenharia, quer para cursos de Ciências da Terra, no espaço europeu. 

    Os licenciados que optem pelo acesso imediato ao mercado do trabalho estarão em condições de trabalhar em empresas que se dediquem a diversas actividades, visto a formação de base ser de largo espectro, com boa preparação científica, o que permitirá a imediata integração em laboratórios de controlo de qualidade (pedreiras, águas minerais, laboratórios do Estado, etc.), em empresas de consultoria em engenharia civil ou em engenharia de minas, gabinetes de estudos de geologia, etc. No entanto a sua actividade deve ser supervisionada por elementos com experiência profissional, pelo menos nos primeiros tempos. Mais tarde, quer através do regresso à escola e prosseguimento dos estudos, quer por frequência de formação de cursos especializados, estes profissionais poderão adquirir capacidade de trabalho em áreas de especialização e realizar autonomamente tarefas de maior complexidade.

    Sublinhe-se no entanto, que o pleno exercício da actividade de engenheiro, na perspectiva de engenheiro de concepção, que corresponde à política formativa adoptada na FEUP, só será obtida com a realização do 2º ciclo. Neste contexto o primeiro ciclo deve ser encarado como um ciclo de estudos de base científica, principalmente apostado nas competências necessárias à mobilidade e à integração em programas formativos transnacionais mais avançados.

    Diplomas
    • Licenciatura em Ciências de Engenharia - Engenharia de Minas e Geo-Ambiente
    Áreas Científicas
    • Ciências da Terra
    • Economia, Gestão, Organização, Projecto
    • Física
    • Física, Ciências da Terra
    • Matemática
    • Química
    • Tecn., Ciênc. Aplic., Proj., Econ., Gestão e Org.
    • Tecnologias, Ciências Aplicadas, Projecto
    • Tecnologias e Ciências Aplicadas

Outro curso relacionado com Engenharia

Utilizamos cookies para melhorar nossos serviços. Se continuar navegando, consideramos que aceita o seu uso. Ver mais  |